Parques Naturais de Cabo Verde

Cabo Verde é um arquipélago inserido na região Macaronésia com influências da região Saheliana, dotada de características climáticas, geológicas, marinhas, geomorfológicas, botânicas e zoológicas peculiares. Estas peculiaridades fazem com que Cabo Verde seja um arquipélago específico único entre os outros da vasta área atlântica.

As suas áreas protegidas são hoje de reconhecimento mundial como instrumentos que dão um contributo vital para a conservação dos recursos naturais e culturais do planeta. Sendo o turismo um setor destinado a desempenhar um papel muito importante no desenvolvimento sócio-económico de Cabo Verde, deverá a política de áreas protegidas estar estreitamente ligada à política do turismo como um elemento estratégico complementar e diferenciador do produto turístico “Cabo Verde”.

Em Cabo Verde, as maiores populações de espécies de flora e fauna selvagens, endémicas, indígenas e naturalizadas, estão concentradas nas potenciais áreas protegidas em todo o arquipélago. Algumas dessas áreas, para além de serem detentoras de valores geológicos, geomórficos e estéticos ausentes noutros espaços do território nacional, constituem os habitats específicos de espécies vegetais e animais de relevante importância sócio-económica e seriamente ameaçadas de extinção.

As reservas naturais são espaços naturais de dimensão variável e especial interesse ecológico e científico, submetidos a um regime de proteção especial e cuja gestão tem por objetivo a salvaguarda e recuperação dos valores que motivaram a sua declaração.

Parques nacionais são espaços naturais que apresentam um ou vários ecossistemas, geralmente transformados ou não pela exploração e ocupação humana, onde as espécies vegetais e animais, as zonas geomorfológicas e os seus habitats se evidenciam pelo seu interesse especial do ponto de vista científico, sócio-económico, educativo e recreativo ou onde existe uma paisagem natural de notável valor estético.

São reservas naturais, a ilha de Santa Luzia e todos os ilhéus que integram o arquipélago de Cabo Verde, designadamente os ilhéus Branco, Raso, de Santa Maria, Seco ou Rombo, de Cima e ilhéu grande, de Curral Velho e Baluarte.

Existem muitos parques naturais e áreas protegidas em Cabo Verde, alguns deles são bastante remotos. Os mais acessíveis para visitantes são as que se seguem:

Cabo Verde é um arquipélago inserido na região Macaronésia com influências da região Saheliana, dotada de características climáticas, geológicas, marinhas, geomorfológicas, botânicas e zoológicas peculiares. Estas peculiaridades fazem com que Cabo Verde seja um arquipélago específico único entre os outros da vasta área atlântica.

As suas áreas protegidas são hoje de reconhecimento mundial como instrumentos que dão um contributo vital para a conservação dos recursos naturais e culturais do planeta. Sendo o turismo um setor destinado a desempenhar um papel muito importante no desenvolvimento sócio-económico de Cabo Verde, deverá a política de áreas protegidas estar estreitamente ligada à política do turismo como um elemento estratégico complementar e diferenciador do produto turístico “Cabo Verde”.

Em Cabo Verde, as maiores populações de espécies de flora e fauna selvagens, endémicas, indígenas e naturalizadas, estão concentradas nas potenciais áreas protegidas em todo o arquipélago. Algumas dessas áreas, para além de serem detentoras de valores geológicos, geomórficos e estéticos ausentes noutros espaços do território nacional, constituem os habitats específicos de espécies vegetais e animais de relevante importância sócio-económica e seriamente ameaçadas de extinção.

As reservas naturais são espaços naturais de dimensão variável e especial interesse ecológico e científico, submetidos a um regime de proteção especial e cuja gestão tem por objetivo a salvaguarda e recuperação dos valores que motivaram a sua declaração.

Parques nacionais são espaços naturais que apresentam um ou vários ecossistemas, geralmente transformados ou não pela exploração e ocupação humana, onde as espécies vegetais e animais, as zonas geomorfológicas e os seus habitats se evidenciam pelo seu interesse especial do ponto de vista científico, sócio-económico, educativo e recreativo ou onde existe uma paisagem natural de notável valor estético.

São reservas naturais, a ilha de Santa Luzia e todos os ilhéus que integram o arquipélago de Cabo Verde, designadamente os ilhéus Branco, Raso, de Santa Maria, Seco ou Rombo, de Cima e ilhéu grande, de Curral Velho e Baluarte.

Existem muitos parques naturais e áreas protegidas em Cabo Verde, alguns deles são bastante remotos. Os mais acessíveis para visitantes são as que se seguem:

Relacionados

Notícias

Cabo Verde precisa de um quadro regulatório mais forte de integração entre a biodiversidade e o turismo

Sal: Praia de Santa Maria poderá hastear Bandeira Azul dentro de três anos – Biosfera1

Praias de Cabo Verde com condições para Bandeira Azul após aplicação de medidas – ONG

Primeiros inspetores chefes da PJ de Cabo Verde com formação da congénere portuguesa

Quase 80% da flora endémica está em risco de extinção