Povoações

Dos Morgadios e Capelas que se foram radicando desde o séc XVI nas Ribeiras de Santiago e nas ladeiras do Fogo, nasceram as primeiras povoações, mais ou menos habitadas, espalhando-se paulatinamente para as restantes ilhas, com avanços e recuos, ao ritmo da prosperidade da produção agrícola e do tráfego comercial, ou mesmo das crises cíclicas originadas pelas secas.

Dos Morgadios e Capelas que se foram radicando desde o séc XVI nas Ribeiras de Santiago e nas ladeiras do Fogo, nasceram as primeiras povoações, mais ou menos habitadas, espalhando-se paulatinamente para as restantes ilhas, com avanços e recuos, ao ritmo da prosperidade da produção agrícola e do tráfego comercial, ou mesmo das crises cíclicas originadas pelas secas.

Notícias

MasterPlan do Turismo da ilha do Sal apresentado em Santa Maria

Açores apoia Cabo Verde na valorização das cadeias de valor agrícolas

FIC “despede-se” da Laginha com balanço positivo