Identidade

“A história do nosso Arquipélago indica-nos que somos uma entidade criada do exterior e para o servir. Sobrevivemos no âmago das ilhas, contra ventos e marés, mas estávamos (estamos) voltados para fora. E, porque éramos conduzidos de longe, em função de interesses que não eram os nossos, porque fomos votados ao esquecimento, ao ostracismo, porque somos vítimas de um sistema que só contribuiu, largamente, para a nossa alienação, enquanto povo com identidade própria, mister se torna que nos debrucemos sobre nós próprios, identificando-nos com as nossas verdadeiras raízes culturais sem complexos quaisquer. Ao Cabo-verdiano urge conhecer e apropriar-se da sua história; precisa valorizar os aspetos positivos da sua cultura, cimento da Nação que somos e esteio da unidade nacional; precisa erradicar a alienação assumindo por inteiro e sem rebuço a sua dimensão histórico-cultural.”

“A história do nosso Arquipélago indica-nos que somos uma entidade criada do exterior e para o servir. Sobrevivemos no âmago das ilhas, contra ventos e marés, mas estávamos (estamos) voltados para fora. E, porque éramos conduzidos de longe, em função de interesses que não eram os nossos, porque fomos votados ao esquecimento, ao ostracismo, porque somos vítimas de um sistema que só contribuiu, largamente, para a nossa alienação, enquanto povo com identidade própria, mister se torna que nos debrucemos sobre nós próprios, identificando-nos com as nossas verdadeiras raízes culturais sem complexos quaisquer. Ao Cabo-verdiano urge conhecer e apropriar-se da sua história; precisa valorizar os aspetos positivos da sua cultura, cimento da Nação que somos e esteio da unidade nacional; precisa erradicar a alienação assumindo por inteiro e sem rebuço a sua dimensão histórico-cultural.”

Autoria/Fonte

Daniel Pereira (Historiador)

Notícias

Santiago e São Vicente acolhem festival de cinema itinerante de Língua Portuguesa

Milhares de garrafas recolhidas no fim de semana no areal de Santa Maria vão dar vida a azulejos

Empresa de Macau negocia instalação de polo tecnológico em Cabo Verde

Portugal e Cabo Verde unidos pela livre circulação esperam "boas notícias" na CPLP

Santo Antão: Operadores dizem-se “vítimas da concorrência desleal” do turismo residencial que começa a ser fomentado na ilha