Dörfer

Dos Morgadios e Capelas que se foram radicando desde o séc XVI nas Ribeiras de Santiago e nas ladeiras do Fogo, nasceram as primeiras povoações, mais ou menos habitadas, espalhando-se paulatinamente para as restantes ilhas, com avanços e recuos, ao ritmo da prosperidade da produção agrícola e do tráfego comercial, ou mesmo das crises cíclicas originadas pelas secas.

Dos Morgadios e Capelas que se foram radicando desde o séc XVI nas Ribeiras de Santiago e nas ladeiras do Fogo, nasceram as primeiras povoações, mais ou menos habitadas, espalhando-se paulatinamente para as restantes ilhas, com avanços e recuos, ao ritmo da prosperidade da produção agrícola e do tráfego comercial, ou mesmo das crises cíclicas originadas pelas secas.

Notícias

Projecto Tartaruga promove capacitação em conceitos e práticas de patrulha do ambiente natural

Fogo: Master plan de turismo das ilhas do Fogo e da Brava identifica duas dezenas de projetos prioritários

Plataforma de encontro entre quem quer investir e quem quer desenvolver projetos

Fogo: A ilha precisa de bons investimentos públicos para criar condições para os investimentos privados – Primeiro-ministro

Projeto "Turismo e comunidades: iniciativas locais de criação de emprego” apresentado hoje na Ponta do Sol