Santiago: Calheta de São Miguel acolhe VI Encontro Técnico da Rede Temática da Proteção Civil 2017

A Cidade de Calheta de São Miguel, na ilha de Santiago, em parceria com a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), Cidade da Praia e o Serviço Nacional da Proteção Civil e Bombeiros, promove, esta sexta-feira, 13, o VI Encontro Técnico da Rede Temática da Proteção Civil. A cerimónia, que acontece no Salão Nobre dos Paços do Concelho, visa comemorar o Dia Internacional para a Redução do Risco de Desastre

Em comunicado enviado, a organização do evento informa que este VI Encontro Técnico da Rede vem na sequência da realização dos Encontros Técnicos anteriormente realizados em Lisboa (Portugal), Cidade da Praia (Cabo Verde) e Cidade do Huambo (Angola), nos quais participaram delegações dos referidos paises, Macau e Moçambique. “Regularmente, os Encontros Técnicos são realizados em data comemorativa do Dia Internacional para a Redução do Risco de Desastres, assinalado a 13 de Outubro”.

Conforme o programa, o encontro de Calheta inclui uma sessão formativa durante os dias 11 e 12 deste mês, a qual visa dar sequência à ação de formação de responsáveis e operacionais dos Serviços de Proteção Civil de Cabo Verde, realizada em 2016, na Capital de Cabo Verde.

“Outos painéis de debate abarcam questões técnicas, relativas à prevenção e resposta a emergências, sob orientação e responsabilidade de vários oradores convidados”, informa a nossa fonte.

Além dos painéis de discussão, acontecem em paralelo, outras atividades, nomeadamente palestras e projeção de filmes nas escolas do EBI, visita guiada ao Parque Natural da Serra Malagueta, exposição de meios e recursos dos Serviços Municipais da Proteção Civil e Bombeiros da Região Norte da ilha de Santiago, Desfile de Viaturas, Feira de Saúde, entre outras ações.

Fonte: A Semana

Notícias

Mindelo: Atelier de lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais “stakeholders” da Economia Marítima

São Vicente: Trinta formandos recebem certificados na área de guia de turismo comunitário

Santa Catarina: Assembleia Municipal com Ribeira da Barca na agenda

Santo Antão: Criação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias traz à ilha catedráticos de Portugal

Artistas da CPLP pedem "passaporte artístico"

Cabo Verde quer afirmar-se como plataforma tecnológica de referência em África

Novo presidente da AAVT quer transformar agências de viagens

Escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior concluídas

Empresários nacionais desafiam Portugal a deslocalizar empresas para Cabo Verde

AJEC propõe plataforma de informações sobre oportunidades de investimentos

Literatura: VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na UNICV

Criada equipa que vai coordenar Zona Económica Especial

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

Empresa alemã introduz energia das ondas do mar em Cabo Verde

Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Praia: Conjunto Histórico e Arqueológico da Trindade vai ser património nacional – ministro

Ilha do Fogo: Técnicos de Monumentos e Sítios do IPC na região Fogo e Brava para inventariar património cultural imóvel

Emprofac prevê um crescimento de 7% em 2018

Regionalização: Olavo Correia reposiciona-se

Ampliar o mercado africano para os países africanos

PM espera consensos necessários entre os deputados para se avançar com a Regionalização

Directora regional da OMT recomenda diversificação dos modelos de oferta turística em Cabo Verde

Dia Mundial do Teatro: Mindelact distingue jornalista Fonseca Soares com Prémio de Mérito Teatral

Capacidade de alojamento em Cabo Verde aumentou em 18% em 2017 – INE

Uma janela de oportunidade com o tempo contado

Cabo Verde entrega candidatura da morna a património mundial na UNESCO a 26 de Março

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo