UE financia projeto de turismo solidário e sustentado na ilha cabo-verdiana do Maio

A União Europeia (UE) disponibilizará 440 mil euros para financiar um projeto de turismo solidário e sustentável na ilha cabo-verdiana do Maio, cujo investimento global se estima em cerca de 550 mil euros, apurou a PANA terça-feira na cidade da Praia, de fonte segura.
Lançado já oficialmente na capital cabo-verdiana, o projeto vai ser executado pela Organização Não Governamental (ONG) portuguesa  Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) com a colaboração também das câmaras de Loures (Portugal) e de Maio e Boa Vista (Cabo Verde).
Também colaboram nesta empreitada a Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas da Boa Vista e Maio, com o fito de “melhorar" as condições de vida da população da ilha do Maio, através de turismo solidário e sustentável, e reforçar a diversificação da oferta turística da referida ilha”.
Neste sentido, a iniciativa abrangerá a totalidade da população da ilha do Maio, em particular a das localidades de Porto Inglês, Calheta, Barreiro, Praia Gonçalo, Ribeira Dom João, Morrinho e Santo António, estando previstos igualmente intercâmbios de boas práticas com as ilhas da Boavista e de Santo Antão.
Segundo uma nota explicativa do IMVF, “com o desenvolvimento de um produto turístico solidário e sustentável, implementado e gerido localmente, pretende-se dinamizar a economia local e valorizar os traços culturais tradicionais e ambientais”.
A mesma fonte precisa ainda que esta intervenção irá beneficiar as famílias e associações locais da ilha do Maio, os agricultores e criadores de gado, pescadores e produtores locais, com especial incidência nos jovens e nas mulheres.
O projeto, a ser executado até 2020, foi financiado no âmbito do último concurso da UE de apoio à sociedade civil com o objetivo de promover o turismo sustentável e impulsionar a geração de rendimentos e a melhoria de condições socioeconómicas das comunidades beneficiárias em várias ilhas e áreas urbanas vulneráveis do arquipélago cabo-verdiano.

Fonte: PanaPress

Notícias

UNESCO reitera compromisso com a diversidade linguística como sendo essencial para o desenvolvimento sustentável

Governo quer uma formação profissional de excelência para os jovens cabo-verdianos (rectificada)

Governo reafirma aposta na indústria. Empresários querem "efectividade"

Alterações ao projecto “Djéu” de David Chow: Casino já não vai ficar situado sobre o mar

Aterros colocados no mar vão ser removidos para darem lugar a uma ponte – coordenador

Cabo Verde precisa de cerca de 400 milhões de contos para implementação do PEDS 2017-2021

São Lourenço dos Órgãos: Comunidade de Pico de Antónia quer “manter vivo” o tradicional almoço de Cinzas

Carnaval 2018 em São Vicente: Vindos do Oriente sagra-se bi-campeão, Monte Sossego arrasa nos prémios individuais

Afreximbank vai financiar Golden Tulip Mindelo

Estudo inédito quer caracterizar zonas de berçário de tubarões em Cabo Verde

Língua Cabo-verdiana vai ser classificada património nacional

The Resort Group garante construção do Hilton Praia

Ministro do Turismo e Transportes e da Economia Marítima animado com a dinâmica do Sal

PM lança medidas que estimulam a boa governança corporativa

Alejandro Casamor: “Temos de estar onde os nossos clientes querem ir”

Hotel Hilton abre nova oferta turística no Sal

Acesso ao financiamento do Programa Rota das Aldeias Rurais disponível a partir de segunda-feira

Governo vai investir 11 milhões de contos na requalificação dos centros urbanos nos próximos três anos

Cabo Verde lidera novamente lusófonos no Índice de Democracia – Economist

Santo Antão: Porto Novo vai ter quatro miradouros turísticos este ano

Ministro do Comércio e Indústria reitera engajamento do Governo no cumprimento dos acordos assinados com a CCS

Governo quer implementação de acções de formação profissional ligadas ao mundo empresarial

Câmara do Turismo de Cabo Verde saúda aprovação da lei que cria o “green card”

Stand de Cabo Verde na FITUR 2018 com muita procura do mercado espanhol e empresários de diversas nacionalidades

Directora de Investigação da União Europeia visita Cabo Verde para apresentar oportunidades do Programa Horizonte 2020

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo

INIDA já tem laboratório para certificação de alimentos que deve estar a funcionar até setembro

Cabo Verde procura novas estratégias para inovar o sector agrícola, alimentar e florestal – INIDA

Governo quer MEM como centro da economia azul

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo

Maio: A ilha vai receber o primeiro estudo arqueológico em Março – IPC

Governo vai legislar sobre o regime especial de protecção das tartarugas marinhas em Cabo Verde