TradeInvest e Bringbuys assinam memorando para criação de polo tecnológico

O acordo foi assinado durante o12º Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre China e Países de Língua Portuguesa, que decorreu em Portugal.

A Cabo Verde TradeInvest e a Macao Bringbuys Web Technology vão criar um polo tecnológico no arquipélago, com planos de penetração em outros países da África Ocidental, no âmbito de um memorando de entendimento assinado quinta-feira em Lisboa.

A informação foi dada hoje pela presidente da Cabo Verde TradeInvest, Ana Barber, de regresso de Portugal, onde participou no 12º Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre China e Países de Língua Portuguesa, que decorreu quinta e sexta-feira, em Lisboa, Portugal.

Em declarações, a responsável explicou que o documento foi rubricado com o intuito de reforçar as relações entre as duas instituições.

“O projecto também trará às empresas um desempenho excepcional na indústria da Internet e na área de computação em nuvem para Cabo Verde, para transformar o país em um polo tecnológico avançado da África Ocidental”, informou.

Segundo a presidente da Agência de Promoção ao Investimento e Exportação de Cabo Verde, a Bringbuys pretende configurar um centro de computação em nuvem, um centro de dados “offshore”, instituições de treinamento e incubadoras.

Relativamente à participação de Cabo Verde no encontro de empresários, Ana Barber considerou o evento “bastante positivo”, tendo afirmado, que representa oportunidade do arquipélago captar mais investidores estrangeiros.

Neste sentido, defendeu uma aposta na diversificação dos sectores e valorização das potencialidades económicas das ilhas para atrair mais investidores estrangeiros de negócios.

“Atrair investimentos estrangeiros é extremamente importante porque esses investimentos vão gerar mais postos de trabalho, dinamizar a economia e fazer crescer esse fluxo, e, quando temos mais postos de trabalho temos mais projectos implementados e o país dá um salto de crescimento”, afirmou.

Ana Barber apontou, a restruturação interna da Cabo Verde Tradeinvest, como um dos principais desafios a serem ultrapassados pela instituição, sublinhado ser “altamente importante” trabalhar na reformulação e formação dos recursos humanos e valorizar as potencialidades económicas das ilhas que, no seu entender, “são únicas”.

Entretanto, advogou um maior engajamento de todos no sentido dessas sinergias serem utilizadas para que o país ganhe novas dinâmicas, novas parcerias, “fundamental para o desenvolvimento económico” do país.

A Cabo Verde TradeInvest, chefiada pela sua presidente, esteve acompanhada de uma delegação de empresários com negócios estabelecidos no arquipélago.

O encontro de Lisboa faz parte das iniciativas que integram o Protocolo de Cooperação entre os Organismos de Promoção Comercial e Câmaras de Comércio, assinado em Outubro de 2003, por ocasião da criação do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, designado Fórum Macau.

Este ano, está o evento foi promovido pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), juntamente com o Conselho de Promoção de Comércio Internacional da China (CCPIT) e o Instituto de Promoção do Comércio e de Investimento de Macau (IPIM).

Em 2019, São Tomé e Príncipe será palco do 13º Encontro de Empresários para a Cooperação Econômica e Comercial entre China e Países de Língua Portuguesa.

Fonte: A Nação

Notícias

Respostas rápidas: Quem deve pagar a Taxa de Segurança Aeroportuária?

São Vicente: Kiki Lima expõe “Real aparência” quando está prestes a completar 50 anos de pintura

Número de hóspedes aumentou 9,5% no segundo trimestre de 2018 face ao período homólogo – INE

Frescomar anuncia novos investimentos em São Vicente e no Sal de mais de seis milhões de euros

Direitos: Cabo Verde destaca em conferência no Canadá apoio do governo e instituições aos movimentos LGBTI

Santo Antão recebe três centros de interpretação turística para retratar património e identidade cultural da ilha

Raiz di Polon na 10ª edição do Festival de Teatro Lusófono

MCIC visita oficina de verão na Cesária Évora Academia de Artes

Filme cabo-verdiano “Firmeza” seleccionado para o Sacramento Underground Film & Arts Festival dos EUA

Filme “Os dois irmãos” selecionado para a competição oficial no 42º Festival de Cinema de Montreal/Canadá

Ilha do Fogo: Projecto “Rotas do Fogo” define estratégias e cria comités municipais para implementação do modelo agro-turismo

Nosi e Cabo Verde TradeInvest na China para dar avanço ao projecto de Computação em Nuvem da África Ocidental

Reconhecimento internacional do vinho do Fogo é exemplo para produtores de grogue de Santo Antão

“Se Cabo Verde não é capaz de organizar um discurso histórico, alguém será capaz”

Cabo Verde conquista duas medalhas de ouro no concurso Mundial de Vinhos Extremos em Itália

Editorial: Estado da Nação em “gestão corrente”

Quem comprar a TACV assume a gestão por, pelo menos, 5 anos

Primeiro-ministro anuncia proposta da Icelandair para comprar TACV

Exportações aumentam 14% no 2º trimestre deste ano

Empresários desesperam pela mobilidade económica

Angola, Brasil e Moçambique têm total de 720 mil "escravos modernos". Cabo Verde também faz parte da lista

Suspensão levantada. Cabo Verde Airlines já pode voltar aos aeroportos italianos

Cabo Verde apresenta programa da presidência da CPLP

“Os alunos que só sabem crioulo, o resultado é o isolamento”

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo