The Resort Group garante construção do Hilton Praia

O The Resort Group (TRG) e o governo assinaram ontem, ao final da tarde, uma convenção de estabelecimento que permitirá a construção do hotel Hilton na Praia.

Segundo Vitor Fidalgo, representante do TRG, empresa que promove o projecto, este foi um processo “complexo e longo” que se iniciou em 2013, com a aquisição do terreno e licenciamento da obra pela Câmara Municipal da Praia e que permitirá agora que o primeiro hotel de cinco estrelas na Cidade da Praia se torne uma realidade.

Sendo um “processo complexo” que envolve a Hilton Internacional, Victor Fidalgo, admite que há procedimentos incontornáveis que devem ser respeitados de acordo com as normas da cadeia Hilton Worldwide.

Entretanto, assegurou que ao longo deste ano o processo será concluído, para que o Hilton autorize o início das obras.

“O TRG está empenhado em trazer novas marcas internacionais e novos operadores, a fim de diversificar a oferta turística cabo-verdiana e aumentar os proveitos daí advenientes”, sublinhou.

Por sua vez, o ministro do Turismo e Transportes, José Gonçalves, disse que com esta assinatura está-se a fazer um “upgrade” para que a Cidade da Praia seja um “ponto de turismo, de conferência e de negócios”, pois apesar de ser a capital do país, tem tido alguns constrangimentos em relação a espaços e camas.

“Nós não conseguimos realizar negócios por falta de condições, falta de espaço para conferências e suficiente número de camas. (…) Acho que a presença da Hilton, com este nome, veio efectivamente trazer um valor acrescentado de alto nível e fazer com que, de facto esta cidade entra dentro daquilo que é a rota internacional das cidades capitais”, indicou.

Para além de acreditar que este empreendimento hoteleiro vai potencializar o turismo na capital, o ministro garante que vai traduzir em mais riquezas, mais posto de emprego, e oferecer serviço que não existe em termos de qualidade de hotel de cinco estrela na capital.

Em relação a demora neste processo, José Gonçalves disse que o Governo está a procurar uma forma de encurtar essa “excessiva burocracia” para “potenciar e facilitar” o caminho para haver mais investimentos.

O projecto hotel Hilton está orçado em 45 milhões de euros (cerca de 4.500.000.000 de escudos cabo-verdianos), deverá gerar perto de 150 empregos directos e vai representar um “aumento significativo” da capacidade de acolhimento turístico do país.

O projecto será constituído por 201 quartos, restaurantes, bares, zonas de lazer e entretenimento, piscinas gerais e privativas, SPA, health club, centro de convenção, salas de reuniões, assim como por outras unidades complementares necessárias ao funcionamento do empreendimento e ficará localizado no antigo espaço ocupado pela Escola de Negócios e Governação de Cabo Verde, na Achada Santo António.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

UNESCO reitera compromisso com a diversidade linguística como sendo essencial para o desenvolvimento sustentável

Governo quer uma formação profissional de excelência para os jovens cabo-verdianos (rectificada)

Governo reafirma aposta na indústria. Empresários querem "efectividade"

Alterações ao projecto “Djéu” de David Chow: Casino já não vai ficar situado sobre o mar

Aterros colocados no mar vão ser removidos para darem lugar a uma ponte – coordenador

Cabo Verde precisa de cerca de 400 milhões de contos para implementação do PEDS 2017-2021

São Lourenço dos Órgãos: Comunidade de Pico de Antónia quer “manter vivo” o tradicional almoço de Cinzas

Carnaval 2018 em São Vicente: Vindos do Oriente sagra-se bi-campeão, Monte Sossego arrasa nos prémios individuais

Afreximbank vai financiar Golden Tulip Mindelo

Estudo inédito quer caracterizar zonas de berçário de tubarões em Cabo Verde

Língua Cabo-verdiana vai ser classificada património nacional

The Resort Group garante construção do Hilton Praia

Ministro do Turismo e Transportes e da Economia Marítima animado com a dinâmica do Sal

PM lança medidas que estimulam a boa governança corporativa

Alejandro Casamor: “Temos de estar onde os nossos clientes querem ir”

Hotel Hilton abre nova oferta turística no Sal

Acesso ao financiamento do Programa Rota das Aldeias Rurais disponível a partir de segunda-feira

Governo vai investir 11 milhões de contos na requalificação dos centros urbanos nos próximos três anos

Cabo Verde lidera novamente lusófonos no Índice de Democracia – Economist

Santo Antão: Porto Novo vai ter quatro miradouros turísticos este ano

Ministro do Comércio e Indústria reitera engajamento do Governo no cumprimento dos acordos assinados com a CCS

Governo quer implementação de acções de formação profissional ligadas ao mundo empresarial

Câmara do Turismo de Cabo Verde saúda aprovação da lei que cria o “green card”

Stand de Cabo Verde na FITUR 2018 com muita procura do mercado espanhol e empresários de diversas nacionalidades

Directora de Investigação da União Europeia visita Cabo Verde para apresentar oportunidades do Programa Horizonte 2020

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo

INIDA já tem laboratório para certificação de alimentos que deve estar a funcionar até setembro

Cabo Verde procura novas estratégias para inovar o sector agrícola, alimentar e florestal – INIDA

Governo quer MEM como centro da economia azul

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo

Maio: A ilha vai receber o primeiro estudo arqueológico em Março – IPC

Governo vai legislar sobre o regime especial de protecção das tartarugas marinhas em Cabo Verde