Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Uma fábrica de produção de sabonetes, com base em produtos naturais, foi inaugurada sexta-feira, 6, em Ribeira das Patas, no Porto Novo, Santo Antão, num investimento protagonizado por uma empresária no ramo de cosmética, natural da ilha Brava.

Inês Silva, que já vinha desenvolvendo, no Porto Novo, uma experiência de produção de produtos cosméticos, designadamente sabonetes líquidos e em barra para crianças, decidiu abrir essa unidade, que já analisa a possibilidade de exportar para os EUA.

“Sim, o produto vai ser colocado em varias ilhas, mas o meu objectivo é exportá-lo para os EUA”, sublinhou a empresária.

A abertura da fábrica de sabonetes, fabricados com base matéria-prima local, como leite de cabra, argila e babosa (aloé vera), foi testemunhada pelo Presidente da República, que se encontra de  visita ao município do Porto Novo.

Inês Silva, ex-emigrante nos EUA, apesar de ser natural da Brava, decidiu investir nesta área no Porto Novo, onde, explicou, encontrou “os produtos de terra” de que precisa para fabricar esse tipo de sabonetes em barra de várias dimensões e líquido, destinados, essencialmente, às crianças.

Segundo a autarquia local, trata-se de um dos vários projectos produtivos que Porto Novo tem estado a receber, nos últimos tempos, perspectivando-se, num futuro próximo, outros investimentos privados nos domínios do turismo, alimentar, energia renovável e de produção de água dessalinizada.

Segundo as autoridades locas, Porto Novo, que apresenta muitas potencialidades a nível do turismo, pesca, agricultura, tem sido cobiçado por investidores, sobretudo europeus, interesse esse que resulta das acções de promoção do concelho como destino de investimentos.

Fonte: InforPress

Notícias

Projecto Tartaruga promove capacitação em conceitos e práticas de patrulha do ambiente natural

Fogo: Master plan de turismo das ilhas do Fogo e da Brava identifica duas dezenas de projetos prioritários

Plataforma de encontro entre quem quer investir e quem quer desenvolver projetos

Fogo: A ilha precisa de bons investimentos públicos para criar condições para os investimentos privados – Primeiro-ministro

Projeto "Turismo e comunidades: iniciativas locais de criação de emprego” apresentado hoje na Ponta do Sol