Professor universitário candidata-se a Presidente da República de Cabo Verde

O professor e reitor da Univesidade do Mindelo, na ilha cabo-verdiana de São Vicente, Albertino Emanuel “Titota” Lopes da Graça, é candidato a Presidente da República de Cabo Verde, nas eleições marcadas para 2 de outubro próximo, apurou a PANA de fonte autorizada.

Com a confirmação desta candidatura, eleva-se para três o número de concorrentes à chefia do Estado em Cabo Verde, uma vez que, além do atual Presidente, Jorge Carlos Fonseca, o também independente Joaquim Jaime Monteiro, que participou nas presidencias de 2011, mostra-se também disponível a entrar na corrida ao cargo, pela segunda vez.

O Movimento para a Democracia (MpD), partido no poder em Cabo Verde desde 20 de março passado, anunciou, sexta-feira, que vai apoiar a recandidatura de Jorge Carlos Fonseca, tal como fez nas eleições de 2011.

Com a renúncia do seu ex-líder e antigo primeiro-ministro José Maria Neves, o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) ainda não anunciou se irá ou não apoiar um candidato próprio ou um independente.

Uma das alternativas seria apoiar a candidatura independente de Albertino Graça (Titota), mas a cúpula do PAICV mostra-se dividida em relação a essa possibilidade.

Ao fazer a confirmação da candidatura do professor universitário, um elemento do núcleo de apoio a Albertino Graça, conhecido por “Titota”, avançou que o projeto político do candidato “é motivado por ideais de um maior equilíbrio nas ilhas do arquipélago e na vontade de trabalhar para a igualdade social e justiça”.

Sem avançar nomes dos apoiantes e das “figuras de peso” que estão por trás desta candidatura, o apoiante asseverou que Albertino Graça já recebeu vários telefonemas tanto do país como do estrangeiro, a motivá-lo a seguir com este projeto político.

Albertino “Titota” Graça, natural de São Vicente, foi quadro da Enapor por vários anos. Licenciado em Engenharia Mecânica pela Universidade de Coimbra, Portugal, Albertino é referido como sendo o principal mentor do projecto do “IESIG - Instituto de Estudos Superiores Isidoro da Graça”.

Como presidente da instituição desde a sua fundação em 2002, concebeu e promoveu a passagem do IESIG à Universidade do Mindelo. É mestre em Gestão de Desenvolvimento e Cooperação Internacional – Dezembro de 2006 – Universidade Moderna de Lisboa, e doutor em Ciências Económicas a partir de outubro de 2010, pela Universidade de Oriente (Santiago, Cuba).

Fonte: Panapress

Notícias

As razões da queda do turismo cabo-verdiano

Sal recebe 37% dos recursos do Fundo do Turismo - PM

Projectos financiados pelo BADEA ultrapassam seis milhões de contos

Grupo TUI constrói hotel de cinco estrelas no Sal