"Precisamos de pensar, com ideias inovadoras, de que forma vamos abraçar as pessoas que vêm de fora" - Pedro Lopes

O secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes reiterou quinta-feira que o país quer chegar a um milhão de turistas, mas para tal tem que estar preparado.

“A inovação e a transformação digital já são aliados do turismo e vão sê-los no futuro”, disse o governante num acto realizado na Cidade da Praia para assinalar o Dia Mundial do Turismo, que decorreu sob o lema “Turismo e Transformação Digital”.

Para Pedro Lopes, há que incentivar os jovens a desenvolver “ideias inovadoras” para abraçarem o futuro de Cabo Verde.

“Precisamos de pensar, com ideias inovadoras, de que forma vamos abraçar as pessoas que vêm de fora”, afirmou o governante, referindo-se ao fluxo de turista que o país poderá receber no futuro.

Na sua perspectiva, Cabo Verde tem que empreender, mas isto não deve ser uma “bandeira de retórica”.

“A responsabilidade das gerações é deixar marcas nos seus países” realçou Pedro Lopes, ao mesmo tempo que perguntava aos jovens presentes qual é a marca que querem deixar a Cabo Verde.

Segundo ele, em Cabo Verde há que pensar como servir os outros “com qualidade e de forma diferente”.

“O turismo só terá valor acrescentado para os nossos jovens se souberem utilizar a inovação para servir as pessoas que vão nos visitar”, declarou o governante.

No encontro, além de técnicos ligados às novas tecnologias, estiveram também presentes operadores turísticos de diversas áreas, como hotéis e agências de viagens.
Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis