Porto Novo: Operador pronto para avançar com investimentos nas pescas à volta de 70 mil contos

O investidor norueguês, Geir Eriksen, tem tudo pronto para avançar, ainda em janeiro, com os investimentos no sector das pescas no município do Porto Novo, Santo Antão, que, numa primeira fase, rondam os 70 mil contos.

Este operador esteve, nos últimos dias, de visita a Porto Novo para ultimar os preparativas para  o arranque dos investimentos que, nesta fase, vão incidir na recuperação e equipamento da unidade de processamento do pescado, na cidade do Porto Novo.

Com este projecto, o empresário pretende transformar o pescado para o mercado nacional, prevendo-se, a partir de 2020, no âmbito de um memorando já firmado com a câmara do Porto Novo, alargar os investimentos  visando a exportação do pescado para o exterior.

Em temos de investimentos públicos, Porto Novo recebe, ao longo deste ano, investimentos no domínio das pescas que ultrapassam os 200 mil contos, já assegurados pelo Governo e pela edilidade portonovense.

Dois cais de pescas, sendo um na cidade do Porto Novo e outro no Tarrafal, e um arrastadouro de botes em Monte Trigo são alguns dos projectos em carteira com vista a potenciar as pescas neste município.

As unidades de conservação do pescado no Tarrafal e Monte Trigo vão ser, também, melhoradas, num investimento de mais de nove mil contos.

Fonte: Sapo CV

Notícias

Santo Antão: Vinda de turistas islandeses à ilha confirma que turismo local está a conquistar novos mercados na Europa

Cabo Verde precisa de um quadro regulatório mais forte de integração entre a biodiversidade e o turismo

Sal: Praia de Santa Maria poderá hastear Bandeira Azul dentro de três anos – Biosfera1

Praias de Cabo Verde com condições para Bandeira Azul após aplicação de medidas – ONG

Primeiros inspetores chefes da PJ de Cabo Verde com formação da congénere portuguesa