Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

O atleta paraolímpico cabo-verdiano Gracelino Barbosa conquistou, esta terça-feira, a medalha de ouro na prova dos 100 metros para atletas com insuficiências intelectuais (T-20), no Campeonato do Mundo de Desporto Adaptado 2017, que decorre esta semana em Banguecoque, Tailândia.

Este é o mais um título conquistado pelo atleta de 28 anos, nascido no Tarrafal de Santiago, que conquistara a medalha de bronze na XV edição dos Jogos Paraolímpicos Rio’2016, Brasil, desta feita, na prova dos 400 metros também na categoria T20 (deficiente intelectual).

Para além da prova dos 100 metros, Gracelino Barbos vai competir, ainda em Banguecoque, nas disciplinas de velocidades (200 e 400 metros).

Esta é a segunda vez que um atleta paraolímpico cabo-verdiano conquista a medalha de ouro num Campeonato do Mundo de Desporto Adaptado.

Em outubro de 2015, o Cabo-verdiano Márcio Fernandes conquistou a medalha de ouro no lançamento do dardo no Campeonato que decorreu em Doha, Qatar.

O atleta paraolímpico conseguiu o lugar mais alto do pódio ao fazer um lançamento de 56,24 metros, marca essa que superava o recorde africano, na altura também na posse de Márcio.

Em Doha, Cabo Verde esteve também representado por Gracelino Barbosa, atleta que, apesar de não ter conquistado nenhuma medalha, conseguiu o apuramento para os Jogos Paraolímpicos Rio'2016, onde foi medalha de bronze na prova dos 400 metros, categoria T-20.

Fonte: Panapress

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis