Ministério da Cultura desafia criadores a apresentar projectos para concurso “Boka Panu”

O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas desafia os designers, artesãos, arquitectos e criativos em Cabo Verde e na diáspora a apresentar até 28 de Setembro um projecto de design para o concurso “Boka Panu”.

O concurso “Boka Panu” (técnica de tecelagem tradicional) acontece no âmbito da URDI 2018 – Feira do Artesanato e do Design de Cabo Verde. Os projectos seleccionados integrarão o Salão de Design Created in Cabo Verde, que acontece de 28 de Novembro a 2 de Dezembro, data da realização do URDI 2018.

Segundo o Ministério da Cultura, Boka Panu é um elemento estrutural na tecelagem da panaria tradicional e revela-se significativo para a nomenclatura do Salão de Design Created in Cabo Verde, como ponto de partida para criar, tecer, redesenhar e propor novas abordagens formais, partindo da matriz tradicional.

“Espera-se destes projectos uma reflexão sobre o manancial temático e criativo da panaria cabo-verdiana, enquanto modalidade do artesanato de forte carga identitária na ancestralidade da nação”, lê-se no edital lançado pelo Ministério da Cultura.

Para a mesma entidade governamental, este debruçar sobre os registos de natureza etnográfica do Centro, ricos tanto a nível da técnica aplicada como nos seus resultados artísticos, permitirá aos participantes desenvolver propostas de design que explorem não só a releitura dos padrões como a imensidão de possibilidades estética, formal e simbólica oferecidas por este legado.

Cada concorrente poderá apresentar o máximo de dois projectos, individualmente ou em grupo. Em caso de candidatura colectiva a entidade ou grupo deverá ser nomeado um representante.

O anúncio das propostas seleccionadas acontece no dia 5 Outubro deste ano.

Fonte: InforPress

Notícias

Ponta Calhetona recebeu investimentos de cerca de 12 mil contos

NOSi Akademia recebe mais 48 estagiários

Cabo Verde Airlines começa hoje a ligar as ilhas

Ribeira das Patas Porto Novo: Grupos de mulheres apostam na transformação de frutas para garantir auto-emprego

Cabo Verde Airlines reforça voos para Lisboa com chegada de Boeing 737-300