Japão oferece a Cabo Verde três mil e 703 toneladas de arroz

Cabo Verde acaba de receber um donativo de três mil e 703 toneladas de arroz oferecido pelo Governo nipónico, no quadro da ajuda alimentar do Japão ao arquipélago.

De acordo com uma fonte da Agência de Regulação e Supervisão de Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA), entidade responsável pela gestão da ajuda alimentar no país, esta doação inclui três variedades de arroz, sendo mil e 851 toneladas de origem tailandesa, mil e 111 toneladas de origem japonesa e 741 toneladas de origem americana.

Dividido em seis lotes, o concurso para a alienação do donativo foi realizado, através de ato público, nas instalações da ARFA, e contou com a participação de três concorrentes, operadores comerciais, devidamente autorizados para o exercício da atividade de importador.

Em outubro do ano passado, os Governos de Cabo Verde e do Japão assinaram um acordo para a troca de notas, visando a concessão de uma assistência alimentar no valor de 180 milhões de ienes japoneses (aproximadamente 174 milhões de escudos) referente à Cooperação Financeira não-reembolsável nipónica.

Para fontes governamentais cabo-verdiana, esta assistência vai ter repercussão positiva a vários níveis, como na segurança alimentar, no apoio à balança de pagamentos e na criação de emprego, através dos fundos de contrapartida que financiam projetos no setor agrícola, em prol das camadas desfavorecidas, contribuindo para reduzir a pobreza no meio rural.

A cooperação entre o Japão e Cabo Verde, que datam desde os primórdios da independência do arquipélago, em 1975, vêm sendo fortalecida ao longo dos últimos anos.

E, para além da Assistência Alimentar, o Governo nipónico tem disponibilizado outras ajudas não reembolsáveis, para os setores de agricultura, pescas, telecomunicações, desporto, exploração e abastecimento de água, saúde, formação de quadros, transportes e infraestruturas, que visam sobretudo o combate à exclusão social e à redução da pobreza.

Fonte: Panapress

Notícias

Estrada de Chã de Pedras inaugurado no dia 25 de junho

Maritza Rosabal visita Sal e São Nicolau

Cabo Verde vai negociar com UE alargamento do acordo de parceria

FMI em Cabo Verde para avaliar políticas macroeconómicas

Ilha Brava: V Edição da Feira Agro-Pecuária começa hoje

Equipa de Coordenação de Reformas da Administração Pública já foi constituída

Governo vai aumentar o salário mínimo nacional para 15 mil escudos mensal até 2021

Cabo-verdiano reconduzido como Juíz do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar

Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

UE alarga prazo a Cabo Verde para exportar pescado no mercado europeu

Cabo Verde reavalia investimentos do BAD dado baixo nível de execução de projetos

Cabo Verde enfrenta ainda “grandes precariedades” na disponibilização de água - PR

90,1% da população já tem acesso à eletricidade em Cabo Verde, diz estudo

Advogados suspendem assistência judiciária oficiosa em Cabo Verde

Empresário chinês de Macau abre banco em Cabo Verde

Banco Central de Cabo Verde procede a corte de dois pontos na taxa diretora

Côte d’Ivoire interessada na experiência de Cabo Verde em matéria de governação eletrónica

Workshop nacional prepara novo quadro de cooperação entre o Governo de Cabo Verde e as Nações Unidas – UNDAF

Empresários cabo-verdianos procuram novas alternativas de negócios em missão à Holanda e Luxemburgo

Volume de negócios nos serviços regista variação homóloga de 5,8% no primeiro trimestre de 2017

Prémio Nacional de Qualidade distingue organizações que contribuem para competitividade do país

Binter Cabo Verde promete que vai garantir “ligação eficiente” entre as ilhas a partir de 1 de Agosto

Porto de águas profundas chumbado pelo Governo

São Vicente: Os artesãos e o CNAD realizam Feira de Artesanato em comemoração do Dia das Crianças