INE: Cabo Verde tem cerca de 195 mil pessoas empregadas. Homens estão em maioria nos cargos de direção

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou ontem, dia 30, que Cabo Verde tem cerca de 195 mil pessoas empregadas, sendo 55,6% do sexo masculino e 44,4 % feminino, com uma percentagem de 56,1% dos homens a ocuparem cargos da direção.

Segundo o comunicado de imprensa do INE enviado à Inforpress sobre dados estatísticos sobre o trabalhador em Cabo Verde, a idade média dos empregados por sexo é de 37 anos, realçando que na ocupação dos cargos de direcção, a classe feminina tem uma representação de 43,9% da população empregada.

Na área da educação, na escala de ou superior a 15 anos, 8,9% da população corresponde ao ano médio do estudo, sendo 4,1% sem nível, 36,1% corresponde ao ensino básico, 43,9%, secundário e 15,8% corresponde ao ensino superior.

Relativamente ao setor de serviço, de acordo com a nota, 12,5 trabalha no setor primário, 21,1% no sector secundário e 66,1% trabalham no setor terciário, enquanto 0,3% da população empregada é não declarada, com uma duração média no emprego atual de nove anos e cinco meses.

Os dados estatísticos indicam que 65,2% da população empregada trabalha a tempo inteiro, 42,8% dos trabalhadores beneficiam do INPS, 41,1% beneficiam de férias anuais remuneradas e 42,3% dos trabalhadores beneficiam do INPS.

No que se refere à situação por profissão, o INE avança ainda que 68% dos empregados trabalham por conta de outrem e 26% trabalham por conta própria, acrescentando que as horas médias trabalhadas por semana correspondem a 41 horas e 54 minutos e 14,7% trabalham menos de 35 horas semanais e estão disponíveis para trabalhar.

O Dia do Trabalhador é comemorado anualmente em 1º de Maio, em diversos países do mundo.
Esta data representa o momento que os empregados e as empresas têm para refletir sobre as legislações trabalhistas, normas e demais regras de trabalho.

Nesta data também é homenageada a luta dos trabalhadores que reivindicaram por melhores condições trabalhistas. Graças à coragem e persistência desses trabalhadores, os direitos e benefícios atuais dos quais usufruímos foram conquistados.

Fonte: Sapo Notícias CV

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis