Governo sensível às questões da Diáspora cabo-verdiana

Ao tomar parte da cerimónia de Inauguração do Monumento “Cabo Verdean Veterans Memorial Project”, o Governo de Cabo Verde, através do Primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva, comprometeu-se a fazer um donativo para contribuir na edificação do Monumento.

Segundo o Chefe do Governo, é um memorial que representa muito para a história comum de Cabo Verde e dos Estados Unidos da América, marcando o reconhecimento de veteranos de guerra, cabo-verdianos ou descendentes de cabo-verdianos, que serviram o Exército e a Força Aérea americana, naquele que será o primeiro memorial do género nos EUA.

Os cabo-verdianos têm vindo a servir as Forças Armadas dos Estados Unidos desde o período da Guerra Fria e, ainda hoje, servem em todos os ramos dos serviços armados: Exército, Marinha, Força Aérea, Guarda Costeira e várias guardas nacionais do Estado. Portanto, o memorial será uma importante fonte de informação para as próximas gerações, na compreensão dos sacrifícios feitos pelas gerações passadas, pelo que se mostra pertinente o Governo contribuir, assegurou Ulisses Correia e Silva.

O projeto “Cabo Verdean Veterans Memorial Project” visa a construção de um Monumento no Cemitério dos Veteranos de Rhode Island, honrando o serviço militar dos veteranos de origem cabo-verdiana. O mesmo tem sido impulsionado por uma jovem de origem cabo-verdiana, conhecida por July Rose, que perdeu o pai e o irmão na guerra.

Ainda em reconhecimento à comunidade cabo-verdiana, desta feita em Pawtucket, o Primeiro-Ministro, juntamente com o Presidente da República e o Mayor da cidade, inauguraram a “Rua Cabo Verde”.

Na ocasião, o Chefe do Governo afirmou ser mais um reconhecimento das relações com os Estados Unidos, que contabiliza mais de dois séculos de história. “Entendemos ser importante esta integração que deve continuar a vincar na sociedade americana. Queremos que os nossos emigrantes sejam os maiores embaixadores de Cabo Verde”, anotou, reconhecendo a “boa integração das comunidades cabo-verdianas nos Estados Unidos. “

“Notamos isso nas empresas, nos negócios, nas universidades, e, também, do ponto de vista político, cuja participação nas eleições norte-americanas é activa e com vários eleitos”, reforçou Ulisses Correia e Silva, mostrando ser motivo de um grande orgulho e afirmação daquilo que Cabo Verde representa como nação.

Cabo-verdianos de sucesso reconhecidos nos EUA
Centenas de cabo-verdianos que se destacam nos Estados Unidos, nas mais diversas áreas, desde a política, à ciência, passando pela academia e a medicina, foram reconhecidos, este fim de semana, pelo Governo de Cabo Verde, numa cerimónia presidida pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

Com a realização desta 1ª Edição da Gala “Cabo Verde Sucesso”, de acordo com o primeiro-ministro, conseguiu-se concretizar o essencial que se propôs, que foi juntar num mesmo espaço, cabo-verdianos e descendentes de cabo-verdianos, que se destacam na sociedade americana e poder partilhar com eles a visão do Governo de Cabo Verde para a Diáspora.

Esta foi a primeira edição da Gala “Cabo Verde Sucesso”, que pretende ter uma periodicidade anual, e ter como palco, alternadamente, os três continentes com maior número de cabo-verdianos (Americano, Europeu e o Africano).

Fonte: A Semana

Notícias

Respostas rápidas: Quem deve pagar a Taxa de Segurança Aeroportuária?

São Vicente: Kiki Lima expõe “Real aparência” quando está prestes a completar 50 anos de pintura

Número de hóspedes aumentou 9,5% no segundo trimestre de 2018 face ao período homólogo – INE

Frescomar anuncia novos investimentos em São Vicente e no Sal de mais de seis milhões de euros

Direitos: Cabo Verde destaca em conferência no Canadá apoio do governo e instituições aos movimentos LGBTI

Santo Antão recebe três centros de interpretação turística para retratar património e identidade cultural da ilha

Raiz di Polon na 10ª edição do Festival de Teatro Lusófono

MCIC visita oficina de verão na Cesária Évora Academia de Artes

Filme cabo-verdiano “Firmeza” seleccionado para o Sacramento Underground Film & Arts Festival dos EUA

Filme “Os dois irmãos” selecionado para a competição oficial no 42º Festival de Cinema de Montreal/Canadá

Ilha do Fogo: Projecto “Rotas do Fogo” define estratégias e cria comités municipais para implementação do modelo agro-turismo

Nosi e Cabo Verde TradeInvest na China para dar avanço ao projecto de Computação em Nuvem da África Ocidental

Reconhecimento internacional do vinho do Fogo é exemplo para produtores de grogue de Santo Antão

“Se Cabo Verde não é capaz de organizar um discurso histórico, alguém será capaz”

Cabo Verde conquista duas medalhas de ouro no concurso Mundial de Vinhos Extremos em Itália

Editorial: Estado da Nação em “gestão corrente”

Quem comprar a TACV assume a gestão por, pelo menos, 5 anos

Primeiro-ministro anuncia proposta da Icelandair para comprar TACV

Exportações aumentam 14% no 2º trimestre deste ano

Empresários desesperam pela mobilidade económica

Angola, Brasil e Moçambique têm total de 720 mil "escravos modernos". Cabo Verde também faz parte da lista

Suspensão levantada. Cabo Verde Airlines já pode voltar aos aeroportos italianos

Cabo Verde apresenta programa da presidência da CPLP

“Os alunos que só sabem crioulo, o resultado é o isolamento”

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo