Governo reafirma aposta na indústria. Empresários querem "efectividade"

O ministro da Indústria, Comercio e Energia volta a afirmar o propósito do governo em reforçar e promover o sector industrial nacional. A ideia passa pela harmonização do quadro legislativo, com vista à mudança do actual cenário.

Alexandre Monteiro, que falava à imprensa esta segunda-feira, no final de uma visita à Câmara de Comercio de Barlavento, aponta aquilo que classifica de medidas essenciais.

“Tem a ver com medidas no ambiente de negócio, de uma forma geral, redução de custos de contexto, para tornar o sector mais competitivo, desde aspectos relacionados a custos de factores, a questão da formação, do acesso a mercados (...)  e um conjunto de medidas que tem a ver com a própria legislação que tem de ser harmonizada”, indica.

A unificação do mercado, melhoria do ambiente de negócios e acesso ao crédito continuam a ser as principais reivindicações dos operadores. O presidente da Câmara de Comércio de Barlavento, Belarmino Lucas, afirma que a percepção é que governo e empresários estão no mesmo comprimento de onda.

“Até agora, o relacionamento tem sido muito bom, temos tido respostas positivas às reivindicações e solicitações dos empresários. Queremos é que isto se mantenha com o mesmo sentido mas com ainda mais efectividade e que durante este ano de 2018, efectivamente, as questões mais importantes possam ser resolvidas”, sublinha.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis