Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

O Governo cabo-verdiano e o maior partido da oposição  acordaram, sábado, em realizar encontros trimestrais para concertar posições em matérias consideradas estruturantes para o país.

Nesses encontros serão discutidas matérias que têm de ser aprovadas por maioria de dois terços dos deputados no Parlamento, nomeadamente, a revisão constitucional, a regionalização, o código eleitoral, entre outras matérias estruturantes a nível do Estado.

A decisão foi tomada num encontro entre o  primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia, e Silva, e a presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Janira Hopffer Almada.

No final da reunião, Janira Almada disse aos jornalistas ter proposto ao chefe do Governo a inclusão na agenda dos encontros trimestrais outras matérias como a questão do municipalismo, da segurança e da justiça em que existe interesse por um diálogo regular.

"Os níveis de criminalidade aumentaram e as pessoas estão a sentir-se inseguras e pode afetar também o turismo", que representa mais de 20 porcento da riqueza produzida no país, apontou a líder do PAICV.

Na sua perspetiva, neste momento, já não é possível esconder o aumento dos níveis de criminalidade "mesmo que não se divulgue na televisão e que não seja noticiado”.

A líder do principal partido da oposição revelou que no encontro foram ainda abordados outros assuntos como a isenção de vistos para cidadãos da União Europeia (UE), medida que deverá entrar em vigor em janeiro próximo, e em relação à qual o PAICV tem manifestado sérias reservas sobre a sua oportunidade.

Também o primeiro-ministro, que tem sido acusado por Janira Hopffer Almada de não ir ao Parlamento prestar contas aos deputados deu conta via Facebook do acordo a que chegou com a líder do PAICV.

Fonte: Panapress

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis