Fogo: Lançado concurso para construção de reservatório metálico de equipamento do furo de Benexa

No quadro do programa CVE 082, financiado pelos Governos de Cabo Verde e de Luxemburgo, foi lançado dois concursos para seleção de empresas e fornecedores para a construção de um reservatório e equipamentos para o furo de Benexa

Um dos concursos, cujo limite para participação termina na segunda-feira, 04 setembro, visa a aquisição e posterior instalação dos equipamentos hidráulicos e de energia renováveis para o furo de prospeção de água de Benexa, zona de expansão sul da cidade de São Filipe.

O outro concurso, cujo prazo termina a 15 de setembro, visa construção de um reservatório metálico com capacidade para 300 metros cúbicos de água, localizado nas proximidades do furo de Benexa, e que vai abastecer as zonas de expansão da cidade para o sul, incluindo o hospital São Francisco de Assis e outras estruturas que vão surgindo nesta área.

Quer a construção do reservatório quer o equipamento do furo enquadra-se no programa “água e saneamento” e o beneficiário é a empresa intermunicipal de águas, Águabrava, que passa a fazer a exploração e gestão das infraestruturas.

O administrador/delegado da Águabrava, José Rodrigues, disse à Inforpress que a exploração do furo de Benexa vai ser exclusivamente através de energias renováveis e segundo parâmetros técnicos definidos.

Após a conclusão dos trabalhos, explicou, a ideia é explorar entre seis a sete horas o respetivo furo, captando uma média de 300 metros cúbicos/dia.

José Rodrigues indica que o funcionamento deste furo vai permitir abastecer toda a zona de expansão sul da Cidade, cobrindo as zonas de Montinho, Cutelo de Açúcar e mesmo parte de Achada de São Filipe.

Atualmente, a disponibilidade de fornecimento de água à cidade de São Filipe é de 1.500 metros cúbicos/dia, ultrapassando as necessidades atuais que é de mil metros cúbicos.

Com o equipamento e exploração do furo de Benexa, a disponibilidade diária passará a ser de 1.800 metros cúbicos, quase o dobro das necessidades, segundo o administrador/delegado da Águabrava.

Fonte: Sapo Notícias

Notícias

Santo Antão: Vinda de turistas islandeses à ilha confirma que turismo local está a conquistar novos mercados na Europa

Cabo Verde precisa de um quadro regulatório mais forte de integração entre a biodiversidade e o turismo

Sal: Praia de Santa Maria poderá hastear Bandeira Azul dentro de três anos – Biosfera1

Praias de Cabo Verde com condições para Bandeira Azul após aplicação de medidas – ONG

Primeiros inspetores chefes da PJ de Cabo Verde com formação da congénere portuguesa