Comércio Externo : Exportações e reexportações diminuiram e importações aumentaram em 2016 no país

Os dados provisórios do comércio externo apurados pelo Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde (INECV) revelam que, no ano transacto, houve uma diminuição de (-10,2%) e (-18,4%) nas exportações e reexportações, respectivamente, mas as importações aumentaram (10,5%), em relação ao ano 2015. O deficit da balança comercial aumentou (13,1%) e a taxa de cobertura deteriorou (-18,8%), face ao ano anterior. Como consequência, regista-se um claro agravamento na nossa balança de pagamento.

Segundo os dados mais recentes divulgados pelo INECV, em 2016 as trocas comerciais com a Europa caracterizaram-se pelo decréscimo das exportações (-2,3%) e acréscimo das importações (15,2%). No tocante às importações, Portugal, Espanha e Países Baixos foram os principais países de proveniência de mercadorias da citada zona.

Entre os países da Europa, a Espanha lidera no ranking dos principais clientes de Cabo Verde, representando cerca de 72,4% do total das exportações em 2016. As exportações cabo-verdianas para esse país tiveram uma evolução negativa de -5,7%, comparativamente ao ano 2015. Portugal, mesmo tendo uma evolução positiva de 21,9% em relação ao ano 2015, aparece em segundo lugar na estrutura das exportações de Cabo Verde com 19,2%.

O montante das exportações de Cabo Verde diminuiu para todos os destinos, enquanto que as importações de Cabo Verde, em 2016, aumentaram 10,5% face ao ano anterior, sendo o continente Europeu, o principal fornecedor de Cabo Verde, com 79% do montante total das importações, contra 75,8% do ano anterior.

Já as importações da África para Cabo Verde aumentaram cerca de 61,4%, no período em análise e no concernente aos restantes continentes (América e Ásia) evoluíram negativamente em -15,5%) e -13,2%, respectivamente.

De ressaltar que Portugal continua sendo o maior fornecedor de Cabo Verde, com 46,5% do total das importações cabo-verdianas. A Espanha ocupa o segundo lugar na estrutura das importações de Cabo Verde com 11,3% (4,0 p.p) a mais que no ano anterior. Dos demais países como Países Baixos, Estados Unidos e China também viram o montante das suas importações para Cabo Verde a diminuir, comparativamente ao ano anterior.

Em relação aos saldos comerciais, os dados da INECV revelam que foram positivas para as zonas económicas da Europa e da África, com 18% e 98%,respectivamente, e negativa para a América (-12,0%) e Ásia (-12%), isto quando comparados com os resultados do ano de 2015.

Fonte: Panapress

Notícias

Banana de Santa Cruz poderia abastecer mercado turístico de Sal e Boa Vista

UNESCO recomenda a Cabo Verde ratificação de convenções sobre património imaterial

Comércio entre a China e os países lusófonos sobe 30,2% até Agosto

ONU alerta para esforço comum para atingir o desenvolvimento sustentável em 2030

IV fórum Mundial de Desenvolvimento Local: Presidente alerta que o mundo tem recursos para travar perdas no desenvolvimento humano e social e reduzir privação

Subsecretária-geral da ONU enaltece “história de sucesso” de Cabo Verde em matéria de desenvolvimento

Fórum vai trazer o mundo para Cabo Verde – representante das Nações Unidas

Secretária-Adjunta do Secretário Geral das Nações Unidas inicia hoje uma visita de três dias

Senegal apoia candidatura de Cabo Verde à Comissão da CEDEAO

PR participa na conferência que assinala Dia da Cultura e das Comunidades Cabo-verdianas em Portugal

Santiago: Calheta de São Miguel acolhe VI Encontro Técnico da Rede Temática da Proteção Civil 2017

Antigo Seminário de S. Nicolau: Gualberto do Rosário sugere a criação da Universidade Católica de Cabo Verde

Director-geral do Turismo e Transportes demite-se do cargo

Porto Novo: Governo avança com 60 mil contos para construção da estrada de acesso à Chã de Branquinho

Governo anuncia plano de emergência para responder à seca

Praia acolhe workshop sobre o “Estudo da Situação da Justiça em Cabo Verde”

Santo Antão: Grogue do Tarrafal de Monte Trigo já está a ser engarrafado para exportação

BCV prevê aumento do PIB próximo dos 4% em 2018

Governo sensível às questões da Diáspora cabo-verdiana

Cabo Verde nomeia embaixadores urbanos para sensibilizar nas questões de habitação

Santo Antão: Época alta do turismo arranca com os operadores optimistas

Ilha do Sal foi palco da 1ª edição da Gala “Cabo Verde Tourism Awards”

Fogo: Cerca de 110 mil contos dispensados aos municípios para o Turismo até 2021

Dia Mundial do Turismo comemorado sob o lema “Turismo sustentável, uma ferramenta para o desenvolvimento”

JPAI promove conversa aberta sobre Educação como Arma para o Desenvolvimento

Cabo Verde na Feira Internacional do Turismo Top Resa em Paris

Governo de Piemonte oferece unidade de produção de ração aos produtores do Planalto Norte de Santo Antão

Queijo de Santo Antão premiado em Itália

Santa Catarina: Terminal rodoviário estará pronto em Outubro

Boa Vista: Câmara Municipal e SDTIBM promovem semana de empreendedorismo