Cabo Verde anuncia retoma de negociações para concessão de portos

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, anuncia retomar negociações com a multinacional francesa Bolloré, iniciadas com o Governo anterior, com vista à concessão dos portos nacionais.Em entrevista ao semanário “Expresso das Ilhas”, dado à estampa na quarta-feira passada, Ulisses Correia e Silva sublinhou que o seu Governo, quer que os portos sejam “competitivos, um fator de dinamização e não de estrangulamento da economia”. Frisou que isto significa que eles têm de praticar taxas e tarifas “competitivas” quer para o comércio quer para investimentos que se fazem em Cabo Verde.
O chefe do Governo cabo-verdiano sublinhou que “esses princípios estarão em cima da mesa das negociações que teremos com a Bolloré” durante as quais o Governo procurará “salvaguardar os interesses do país”.
O processo visando a concessão dos portos de Cabo Verde à empresa multinacional Bolloré esteve para avançar com o anterior Governo, liderado pelo ex-primeiro-ministro José Maria Neves.
No entanto, alguns setores ligados à atividade portuária consideraram, na altura, que o acordo que se perspetivava “não seria o mais vantajoso para o país”.
Fonte: Panapress

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis