CMP concede 200 contos a cada grupo de Tabanca

Esta iniciativa visa garantir a continuidade, revitalização, sustentabilidade, valorização, divulgação e promoção, a médio e longo prazo, da Tabanca

A Câmara Municipal da Praia (CMP) e os grupos de Tabanca de Achada Santo António, Várzea e Achada Grande Frente assinaram um termo de compromisso, que aprova o regulamento para a atribuição de apoios, em que cada grupo receberá cerca de 200 mil escudos para a implementação de projetos e promoção da Tabanca.

Esta iniciativa, de acordo com uma nota da CMP, visa garantir a continuidade, revitalização, sustentabilidade, valorização, divulgação e promoção, a médio e longo prazo, da Tabanca, enquanto património cultural imaterial do Município da Praia.

No âmbito desse regulamento, a CMP disponibiliza-se a conceder apoios financeiros, disponibilização de suporte e ou documentação técnica nas áreas que se prendem com a salvaguarda dessa manifestação e espaços municipais para a promoção de actividades culturais, desportivas ou recreativas.

De acordo com a deliberação, “só poderão beneficiar dos apoios os grupos de Tabanca da Cidade da Praia que estejam a desenvolver actividades para a dinamização dessa manifestação e que brincam a Tabanca”.

Assim, o montante financeiro a ser concedido anualmente a cada grupo de Tabanca no âmbito do presente termo de compromisso, “não poderá exceder a quantia de 200 mil escudos”.

Fonte: A Nação

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis