CMP concede 200 contos a cada grupo de Tabanca

Esta iniciativa visa garantir a continuidade, revitalização, sustentabilidade, valorização, divulgação e promoção, a médio e longo prazo, da Tabanca

A Câmara Municipal da Praia (CMP) e os grupos de Tabanca de Achada Santo António, Várzea e Achada Grande Frente assinaram um termo de compromisso, que aprova o regulamento para a atribuição de apoios, em que cada grupo receberá cerca de 200 mil escudos para a implementação de projetos e promoção da Tabanca.

Esta iniciativa, de acordo com uma nota da CMP, visa garantir a continuidade, revitalização, sustentabilidade, valorização, divulgação e promoção, a médio e longo prazo, da Tabanca, enquanto património cultural imaterial do Município da Praia.

No âmbito desse regulamento, a CMP disponibiliza-se a conceder apoios financeiros, disponibilização de suporte e ou documentação técnica nas áreas que se prendem com a salvaguarda dessa manifestação e espaços municipais para a promoção de actividades culturais, desportivas ou recreativas.

De acordo com a deliberação, “só poderão beneficiar dos apoios os grupos de Tabanca da Cidade da Praia que estejam a desenvolver actividades para a dinamização dessa manifestação e que brincam a Tabanca”.

Assim, o montante financeiro a ser concedido anualmente a cada grupo de Tabanca no âmbito do presente termo de compromisso, “não poderá exceder a quantia de 200 mil escudos”.

Fonte: A Nação

Notícias

Santo Antão: Vinda de turistas islandeses à ilha confirma que turismo local está a conquistar novos mercados na Europa

Cabo Verde precisa de um quadro regulatório mais forte de integração entre a biodiversidade e o turismo

Sal: Praia de Santa Maria poderá hastear Bandeira Azul dentro de três anos – Biosfera1

Praias de Cabo Verde com condições para Bandeira Azul após aplicação de medidas – ONG

Primeiros inspetores chefes da PJ de Cabo Verde com formação da congénere portuguesa