Sexto aniversário do falecimento de Cesária Évora assinalado com 3ª edição do projecto “Sodad”

O Núcleo Musicologia Cesária Évora (NMCE), organiza a 3ª edição do “Projecto Sodad”, evento que este ano assinala o sexto aniversário da morte da cantora, e propõe que se institucionalize este evento na agenda cultural do Mindelo.

As actividades desta 3ª edição iniciaram desde a semana passada com um torneio de uril e bisca que decorre na praça de Toi Barbeiro e terminam no dia 19, com um concerto intitulado “6 One de Sodad” encabeçada pela cantora Lura, que se disponibilizou voluntariamente para participar no evento.

Com um leque de actividades programadas, o evento continua no dia 16 com a tradicional distribuição de refeições quentes denominada “Comida de Anjo”, uma tradição em São Vicente e que era apreciada e praticada também pela cantora Cesária Évora, que elegia a cachupa como seu prato preferencial.

Já no dia 18, e como novidade desta 3ª edição, conforme avançou Janete Évora, acontece uma “roda de conversa” à volta do tema Morna Patrimônio Cultural e Turismo, proferida pelo professor Carlos Santos e com moderação de Lia Medina, um debate aberto à participação do público em geral.

No dia 19 que é o ponto alto das actividades, acontece logo no final da tarde uma serenata na qual podem participar todos os músicos da ilha de São Vicente ou pessoas que têm domínio sobre qualquer instrumento musical.

“A serenata que será acompanhada, entretanto, de uma banda de suporte, tem concentração na Praça Dom Luís e percorre a Rua de Lisboa até chegar a Rua do Núcleo Musicologia Cesária Évora onde a noite prolonga-se com o “concerto 6 One de Sodad”, evento que encerra as actividades comemorativas dos seis anos do passamento físico da cantora Cesária Évora.

“Para além da participação especial da cantora Lura, participam também a orquestra Sab Sabim, o coro da Escola Secundária Jorge Barbosa , Raissa Fortes , Coro Voz de Alma, Mayra Vezo e Eliana Rosa, vencedora do concurso nacional de Todo Mundo Canta”, nomeou a gestora do NMCE que também é sobrinha da cantora.

O NMCE funciona desde Maio de 2015 sob tutela do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e organiza este evento como forma de tributo a cantora Cesária Évora pelo papel que desempenhou na internacionalização de Cabo Verde, através da sua música, e a pretensão, segundo Janete Évora, é institucionalizar o evento de modo a torna-lo fixo na agenda cultural do mês de Dezembro em São Vicente.

“Queremos que este tributo a Cise seja um evento tradicional em São Vicente de modo a eternizar o memoria da cantora e passar o seu legado as gerações vindouras”, concluiu a mesma fonte

Cesária Évora, conhecida por “Diva dos pés descalço” faleceu no dia 17 de Dezembro de 2011, aos 70 anos, no hospital Baptista de Sousa na ilha de São Vicente.

Fonte: A Nação

Notícias

Empresários desesperam pela mobilidade económica

Angola, Brasil e Moçambique têm total de 720 mil "escravos modernos". Cabo Verde também faz parte da lista

Suspensão levantada. Cabo Verde Airlines já pode voltar aos aeroportos italianos

Cabo Verde apresenta programa da presidência da CPLP

Governo: Cabo Verde assume presidência do Conselho de Ministros da CPLP com humildade e sentido de responsabilidade

“Os alunos que só sabem crioulo, o resultado é o isolamento”

Caso de cancelamento de voos: Chega o primeiro Boeing, mas as ligações para rota das Américas podem não começar de imediato

Cimeira CPLP: Empresários querem que dinâmica do pilar económico comece a fazer-se sentir “de facto”

Pedro Morais: “Temos de transformar a História de São Nicolau em valor, em produto para vender”

Santo Antão: Raízes aposta na criação de “novas dinâmicas” para um turismo rural de qualidade na ilha

São Vicente: Carnaval do Mindelo “desembarca» na Nigéria a convite do Afreximbank

São Domingos: Autarquia aposta na requalificação urbana e promoção das ofertas turísticas

Cesária Évora homenageada no festival O Sol da Caparica

Obra de Dina Salústio entre os finalistas ao Prémio PEN de tradução

Porto Novo: Operadores turísticos avaliam os primeiros três meses do andamento do projecto Rotas das Aldeias Rurais

Instituto da Macaronésia propõe criar soluções para produção de água através do uso das energias renováveis

Plataforma IGRP Web é uma rede electrónica para a criação do emprego jovem – responsável

São Vicente: Carnaval de Verão com divulgação na Europa e no Brasil – organização

São Salvador do Mundo: Arrancam as obras do centro de transformação de produtos agrícolas

Santiago Norte: Projecto capacita jovens para área do turismo com foco na conservação da biodiversidade

Governo quer atrair investimentos da Diáspora com o Estatuto do Investidor Emigrante

Recomendação para ouvir: Mornas ao Piano - mais do que um disco … estórias sentidas e c(o)antadas

Regressa o Campus África, por uma ‘Macaronésia do conhecimento’

Operadores em Santo Antão querem atacar mercado africano

«Há interessados no mercado doméstico de transporte aéreo» - Olavo Correia

Governo sublinha papel da China na produção audiovisual em Cabo Verde

Bienal de Dança de Veneza entrega hoje Leão de Prata a Marlene Monteiro Freitas

OMS saúde progressos na melhoria das condições de vida da população em Cabo Verde

Três mil cabo-verdianos obtiveram nacionalidade Portuguesa em 2017

Sal: Festival Literatura-Mundo foi “fantástico” reunindo gente e escritores premiados de diferentes latitudes, dizem participantes

TradeInvest e Bringbuys assinam memorando para criação de polo tecnológico

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo