Sexto aniversário do falecimento de Cesária Évora assinalado com 3ª edição do projecto “Sodad”

O Núcleo Musicologia Cesária Évora (NMCE), organiza a 3ª edição do “Projecto Sodad”, evento que este ano assinala o sexto aniversário da morte da cantora, e propõe que se institucionalize este evento na agenda cultural do Mindelo.

As actividades desta 3ª edição iniciaram desde a semana passada com um torneio de uril e bisca que decorre na praça de Toi Barbeiro e terminam no dia 19, com um concerto intitulado “6 One de Sodad” encabeçada pela cantora Lura, que se disponibilizou voluntariamente para participar no evento.

Com um leque de actividades programadas, o evento continua no dia 16 com a tradicional distribuição de refeições quentes denominada “Comida de Anjo”, uma tradição em São Vicente e que era apreciada e praticada também pela cantora Cesária Évora, que elegia a cachupa como seu prato preferencial.

Já no dia 18, e como novidade desta 3ª edição, conforme avançou Janete Évora, acontece uma “roda de conversa” à volta do tema Morna Patrimônio Cultural e Turismo, proferida pelo professor Carlos Santos e com moderação de Lia Medina, um debate aberto à participação do público em geral.

No dia 19 que é o ponto alto das actividades, acontece logo no final da tarde uma serenata na qual podem participar todos os músicos da ilha de São Vicente ou pessoas que têm domínio sobre qualquer instrumento musical.

“A serenata que será acompanhada, entretanto, de uma banda de suporte, tem concentração na Praça Dom Luís e percorre a Rua de Lisboa até chegar a Rua do Núcleo Musicologia Cesária Évora onde a noite prolonga-se com o “concerto 6 One de Sodad”, evento que encerra as actividades comemorativas dos seis anos do passamento físico da cantora Cesária Évora.

“Para além da participação especial da cantora Lura, participam também a orquestra Sab Sabim, o coro da Escola Secundária Jorge Barbosa , Raissa Fortes , Coro Voz de Alma, Mayra Vezo e Eliana Rosa, vencedora do concurso nacional de Todo Mundo Canta”, nomeou a gestora do NMCE que também é sobrinha da cantora.

O NMCE funciona desde Maio de 2015 sob tutela do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e organiza este evento como forma de tributo a cantora Cesária Évora pelo papel que desempenhou na internacionalização de Cabo Verde, através da sua música, e a pretensão, segundo Janete Évora, é institucionalizar o evento de modo a torna-lo fixo na agenda cultural do mês de Dezembro em São Vicente.

“Queremos que este tributo a Cise seja um evento tradicional em São Vicente de modo a eternizar o memoria da cantora e passar o seu legado as gerações vindouras”, concluiu a mesma fonte

Cesária Évora, conhecida por “Diva dos pés descalço” faleceu no dia 17 de Dezembro de 2011, aos 70 anos, no hospital Baptista de Sousa na ilha de São Vicente.

Fonte: A Nação

Notícias

IPC realiza primeiro mergulho em arqueologia subaquática no ancoradouro da Cidade Velha

Biblioteca Nacional lança reedição de “Chiquinho” e promete edição de seis obras por ano

NOSi poderá representar um suporte do desenvolvimento tecnológico para construção de uma sociedade digital no país – PR

Lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais gestores da Economia Marítima

Mindelo: Atelier de lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais “stakeholders” da Economia Marítima

São Vicente: Trinta formandos recebem certificados na área de guia de turismo comunitário

Santa Catarina: Assembleia Municipal com Ribeira da Barca na agenda

Santo Antão: Criação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias traz à ilha catedráticos de Portugal

Artistas da CPLP pedem "passaporte artístico"

Cabo Verde quer afirmar-se como plataforma tecnológica de referência em África

Novo presidente da AAVT quer transformar agências de viagens

Escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior concluídas

Empresários nacionais desafiam Portugal a deslocalizar empresas para Cabo Verde

AJEC propõe plataforma de informações sobre oportunidades de investimentos

Literatura: VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na UNICV

Criada equipa que vai coordenar Zona Económica Especial

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

Empresa alemã introduz energia das ondas do mar em Cabo Verde

Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Praia: Conjunto Histórico e Arqueológico da Trindade vai ser património nacional – ministro

Ilha do Fogo: Técnicos de Monumentos e Sítios do IPC na região Fogo e Brava para inventariar património cultural imóvel

Emprofac prevê um crescimento de 7% em 2018

Regionalização: Olavo Correia reposiciona-se

Ampliar o mercado africano para os países africanos

PM espera consensos necessários entre os deputados para se avançar com a Regionalização

Directora regional da OMT recomenda diversificação dos modelos de oferta turística em Cabo Verde

Dia Mundial do Teatro: Mindelact distingue jornalista Fonseca Soares com Prémio de Mérito Teatral

Capacidade de alojamento em Cabo Verde aumentou em 18% em 2017 – INE

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo