Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

A Organização Mundial da Saúde (OMS) felicitou, hoje, Cabo Verde pelos “ganhos já conseguidos” em matéria de saúde, mas destacou, como um dos principais desafios para o arquipélago a necessidade de se preparar para enfrentar as emergências sanitárias.

O representante da OMS em Cabo Verde, Mariano Salazar, que falava a propósito do Dia Mundial da Saúde, cujo acto central teve lugar em Santo Antão, disse que este organismo reconhece “os grandes ganhos” que Cabo verde conseguiu desde da Independência Nacional, mas, a seu ver, há ainda desafios que se colocam ao sector de saúde, no arquipélago.

“Cabo Verde está de parabéns, mas há ainda desafios importantes, desde logo a melhoraria da cobertura universal da saúde como direito estabelecido na Constituição da Republica e a necessidade do pais desenvolver capacidades para enfrentar as diversas emergências sanitárias que ameaçam as populações, no âmbito das doenças transmitidas por mosquitos”, realçou o resposável.

Porém, a OMS procederá, no decorrer na próxima semana, à entrega ao Governo da declaração formal sobre o fim da epidemia de malária no país, informou Mariano Salazar.

Santo Antão recebeu, pela primeira vez, o acto central das comemorações do Dia Mundial da Saúde que, este ano, decorreram sob o lema “cobertura universal de saúde para todos, em todo o lado”.

Fonte: InforPress

Notícias

Cabo Verde e Holanda reforçam cooperação nas áreas do turismo, educação e segurança social

Porto Novo: Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável 2030 com um orçamento de 12 milhões de contos

São Domingos: Arqueólogos da Universidade de Cambridge fazem escavações em Alcatraz

Padre Constantina diz que reabilitação da igreja na Cidade Velha representa reconstrução da história do país

Santa Cruz: Programa Jov@Emprego realiza encontro com os setores privados de produção de “Banana e turismo rural”