Produtos hortícolas de Cabo Verde têm menos pesticidas do que os importados, explica director nacional do Ambiente

O diretor nacional do Ambiente destacou hoje o facto do último estudo que foi feito com suporte na União Europeia mostrar que produtos hortícolas de Cabo Verde têm menos pesticidas do que os importados.

Alexandre Nevsky, que falava à imprensa a propósito da aula magna promovida pelo Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) na Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) para assinalar o Dia Internacional da Biodiversidade, sob o lema “Nossa Biodiversidade, Nosso Alimento, Nossa Saúde”.

Segundo o responsável, o significado desse estudo é a garantia da qualidade dos produtos produzidos em Cabo Verde, destacando o papel do Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário (INIDA) no processo de diversificação do que se produz e do que se consome.

“Realmente, o que nós comemos de produção nacional é muito bom e na maioria das vezes com melhor qualidade que aquilo que vem de fora. Estamos a trabalhar neste momento para garantir que aquilo que nós produzimos em Cabo Verde seja contínuo e que não haja ruptura de stock. Não vamos fechar o mercado, mas vamos tentar sensibilizar os cabo-verdianos para comer aquilo que é nosso”, sentenciou.

No entanto, conforme a mesma fonte, ainda a dieta dos cabo-verdianos não é variada. Uma questão que tem a ver com o hábito, porque existem nos mercados uma variabilidade de alimentos.

Por isso, defendeu que é preciso que os cabo-verdianos adquiram o hábito de se alimentar melhor e “aproveitar tudo aquilo que a terra dá em Cabo Verde que é extremamente rico”.

Fonte: Sapo CV

Notícias

Governo lança obras de reabilitação das duas casas de Eugénio Tavares na Ilha da Brava

“Até hoje faltou um organismo capaz de dialogar com os empresários do sector turístico”

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades