Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

O Primeiro-ministro de Cabo Verde garantiu ao sector privado do Fogo, onde esteve a assistir a festa de Nhô Sanfilipe, a determinação do seu governo em fazer crescer a economia nacional à uma taxa de 7% ano. Ulisses Correia e Silva reconheceu também que a ilha dispõe de fortes potencialidades a serem exploradas agora que está melhorado o ambiente de negócios no país.

O chefe do governo partilhou o seu compromisso de fazer crescer a economia a um dígito nos encontros que teve com os homens de negócios, que foram promovidos pela Câmara Municipal de S.Filipe, em parceria com a Câmara de Comércio de Sotavento. «Com os operadores económicos e emigrantes do Fogo, tive a oportunidade de reafirmar a firme convicção do Governo em fazer o país crescer à taxa de 7% ao ano, com o total engajamento do sector privado».

Fundamenta o governante que algumas medidas já tomadas vão contribuir para o empoderamento do sector. «Os acordos de cooperação para a delegação de competências e melhoria do ambiente de negócios, assinados, durante o Conselho Nacional do Desenvolvimento Empresarial, vão permitir o empoderamento do setor privado, colocando à disposição da classe mecanismos de que precisa para o seu crescimento eficaz», anota Ulisses Correia e Silva na sua página no Facebook.

Referindo-se ainda ao encontro realizado, o PM considera que foi uma oportunidade de auscultar os empresários e emigrantes da ilha do Fogo, bem como partilhar algumas medidas que o governo vem implementando com vista a uma melhoria do ambiente e desenvolvimento de negócios em Cabo Verde.

Depois de ver produtos locais expostos na feira realizada, Correia e Silva destaca que o Fogo possui grandes potencialidades económicas que podem ser exploradas. «A Feira Agro-pecuária, que já vai na sua oitava edição, demonstra claramente o potencial do Fogo para um turismo associado à agricultura e à pecuária, como foco para a economia da ilha. Já há várias iniciativas privadas que agora precisam se organizar por forma a tornarem-se mais produtivas e com maior rendimento», lê-se na página oficial do Primeiro-ministro no facebook.

Fonte: A Semana

Notícias

Estrada de Chã de Pedras inaugurado no dia 25 de junho

Maritza Rosabal visita Sal e São Nicolau

Cabo Verde vai negociar com UE alargamento do acordo de parceria

FMI em Cabo Verde para avaliar políticas macroeconómicas

Ilha Brava: V Edição da Feira Agro-Pecuária começa hoje

Equipa de Coordenação de Reformas da Administração Pública já foi constituída

Governo vai aumentar o salário mínimo nacional para 15 mil escudos mensal até 2021

Cabo-verdiano reconduzido como Juíz do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar

Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

UE alarga prazo a Cabo Verde para exportar pescado no mercado europeu

Cabo Verde reavalia investimentos do BAD dado baixo nível de execução de projetos

Cabo Verde enfrenta ainda “grandes precariedades” na disponibilização de água - PR

90,1% da população já tem acesso à eletricidade em Cabo Verde, diz estudo

Advogados suspendem assistência judiciária oficiosa em Cabo Verde

Empresário chinês de Macau abre banco em Cabo Verde

Banco Central de Cabo Verde procede a corte de dois pontos na taxa diretora

Côte d’Ivoire interessada na experiência de Cabo Verde em matéria de governação eletrónica

Workshop nacional prepara novo quadro de cooperação entre o Governo de Cabo Verde e as Nações Unidas – UNDAF

Empresários cabo-verdianos procuram novas alternativas de negócios em missão à Holanda e Luxemburgo

Volume de negócios nos serviços regista variação homóloga de 5,8% no primeiro trimestre de 2017

Prémio Nacional de Qualidade distingue organizações que contribuem para competitividade do país

Binter Cabo Verde promete que vai garantir “ligação eficiente” entre as ilhas a partir de 1 de Agosto

Porto de águas profundas chumbado pelo Governo

São Vicente: Os artesãos e o CNAD realizam Feira de Artesanato em comemoração do Dia das Crianças