Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

O Primeiro-ministro de Cabo Verde garantiu ao sector privado do Fogo, onde esteve a assistir a festa de Nhô Sanfilipe, a determinação do seu governo em fazer crescer a economia nacional à uma taxa de 7% ano. Ulisses Correia e Silva reconheceu também que a ilha dispõe de fortes potencialidades a serem exploradas agora que está melhorado o ambiente de negócios no país.

O chefe do governo partilhou o seu compromisso de fazer crescer a economia a um dígito nos encontros que teve com os homens de negócios, que foram promovidos pela Câmara Municipal de S.Filipe, em parceria com a Câmara de Comércio de Sotavento. «Com os operadores económicos e emigrantes do Fogo, tive a oportunidade de reafirmar a firme convicção do Governo em fazer o país crescer à taxa de 7% ao ano, com o total engajamento do sector privado».

Fundamenta o governante que algumas medidas já tomadas vão contribuir para o empoderamento do sector. «Os acordos de cooperação para a delegação de competências e melhoria do ambiente de negócios, assinados, durante o Conselho Nacional do Desenvolvimento Empresarial, vão permitir o empoderamento do setor privado, colocando à disposição da classe mecanismos de que precisa para o seu crescimento eficaz», anota Ulisses Correia e Silva na sua página no Facebook.

Referindo-se ainda ao encontro realizado, o PM considera que foi uma oportunidade de auscultar os empresários e emigrantes da ilha do Fogo, bem como partilhar algumas medidas que o governo vem implementando com vista a uma melhoria do ambiente e desenvolvimento de negócios em Cabo Verde.

Depois de ver produtos locais expostos na feira realizada, Correia e Silva destaca que o Fogo possui grandes potencialidades económicas que podem ser exploradas. «A Feira Agro-pecuária, que já vai na sua oitava edição, demonstra claramente o potencial do Fogo para um turismo associado à agricultura e à pecuária, como foco para a economia da ilha. Já há várias iniciativas privadas que agora precisam se organizar por forma a tornarem-se mais produtivas e com maior rendimento», lê-se na página oficial do Primeiro-ministro no facebook.

Fonte: A Semana

Notícias

Deputados aprovam alteração da lei da cooperação descentralizada

Cabo Verde vai assumir a presidência da Conferência dos Ministros das Pescas da sub-região africana em agosto

Cabo Verde participa na Assembleia do BAD na Índia para debater a importância do setor agrícola em África

CCISS prepara para diálogo com o Governo sobre a reforma da política industrial em Cabo Verde

Portugal inaugura Sal Beach Soccer na sexta-feira. Cabo Verde defronta Inglaterra

Paralímpico cabo-verdiano conquista segunda medalha de ouro em campeonato mundial

Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

Navio-escola Sagres atraca pela 30.ª vez no porto do Mindelo

Governo está determinado em reerguer a TACV

Miss Africa USA Nereida Lobo está em Cabo Verde para promover plataforma sobre educação

Apoio orçamental do Banco Mundial a Cabo Verde depende da restruturação da TACV

Cabo Verde valoriza sistema nacional de estatísticas, diz governante

Cabo Verde aposta na Parceria Especial com UE para criar 45.000 postos de trabalho

Consórcio Ecovisão Cabo Verde e Instituto Marquês Valle Flor lançam a campanha “Somos pelo Ambiente”

Bispo do Mindelo representa Igreja Católica de Cabo Verde em Fátima

Eslovénia desembolsa 2,4 milhões de euros para reforçar telemedicina em Cabo Verde

Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

PR quer que “Saniculau na Praia” contribua para o processo do desenvolvimento da ilha de São Nicolau

Provedoria de Justiça de Portugal quer levar a sua experiência de 40 anos a Cabo Verde

Liberdade de imprensa: MpD satisfeito com subida de Cabo Verde no ranking

Banco Mundial duplica financiamento para Cabo Verde, diz governo

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros