Porto Novo: Criação da paróquia São João Paulo II vai no mesmo sentido daquilo que pretendemos a nível autárquico – edil

Os fiéis souberam “avaliar bem a oportunidade” de criação da paróquia São João Paulo II, na Ribeira das Patas, medida que vai “no mesmo sentido” daquilo que a edilidade porto-novense pretende a nível administrativo e autárquico.

Quem o diz é o presidente da câmara do Porto Novo, Aníbal Fonseca, que disse encarar a decisão da comunidade católica com “naturalidade”, acreditando que, “atendendo à grande dispersão do município”, os fiéis souberam “avaliar bem a oportunidade” de criação dessa paróquia, cujo acto de instalação acontece este domingo.

A decisão a Igreja Católica de criar uma segunda paróquia no Porto Novo, onde desde 1898 existe a paróquia de São João Baptista, vai no mesmo sentido daquilo que a autarquia pretende  para este concelho que é de “uma maior aproximação do poder autárquico às populações”, explica o edil.

Além de reforçar a presença da igreja  no interior deste extenso e disperso município, Aníbal Fonseca acredita ainda que essa “iniciativa extraordinária” da comunidade católica constitui, também, “mais um passo no processo de afirmação da Ribeira das Patas, como vila”.

A comunidade da Ribeira das Patas vê, também, a criação da paróquia São João Paulo II, cujo acto de instalação é presidido pelo bispo da Diocese do Mindelo, D. Ildo Fortes, como “mais um passo” no processo de criação do município da Ribeira das Patas, até 2021.

O processo começou em 2015 com a elevação da Ribeira das Patas à categoria de vila, segundo Manuel Ramos, que presidiu à comissão que liderou a candidatura dessa  povoação à essa condição (vila).

Depois de se conseguir, há, precisamente, dois anos, o estatuto de vila e de receber a paróquia São João Paulo II, Ribeira das Patas deseja, agora, ser elevada à condição de município, provavelmente ainda na presente Legislatura, segundo Manuel  Ramos.

A reivindicação sobre a criação do município da Ribeira das Patas, o maior  centro populacional do interior do Porto Novo, com 3.500 habitantes, surge do facto deste este concelho ser muito extenso, com  557 quilómetros de superfície, representando dois terços da ilha de Santo Antão.

Porém, o presidente da edilidade, Aníbal Fonseca, admite que está, para já, fora das cogitações a criação de município no Porto Novo, por não ser o desejo da população.

Ribeira das Patas tem, para já, outras prioridades que passam pela construção do centro de saúde e de elaboração do plano urbanístico dessa localidade, que reclama ainda melhores infra-estruturas a nível do abastecimento de água e de acessibilidades, considera o autarca.

A Igreja Católica garante estar tudo pronto para a instalação, este domingo, da paróquia São João Paulo II, com sede em Ribeira das Patas, que vai ser, nesses primeiros tempos, dirigida, em regime de acumulação,  pelo frei José Pires, que desde 2015 está à frente da paróquia de São João Baptista, na cidade do Porto Novo.

Porto Novo passa, assim, a partir de hoje, a contar com duas paróquias, a de São João Baptista, sediada na cidade, e a de São João Paulo II, com sede em Ribeira das Patas.

Fonte: InforPress

Notícias

Mindelo: Atelier de lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais “stakeholders” da Economia Marítima

São Vicente: Trinta formandos recebem certificados na área de guia de turismo comunitário

Santa Catarina: Assembleia Municipal com Ribeira da Barca na agenda

Santo Antão: Criação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias traz à ilha catedráticos de Portugal

Artistas da CPLP pedem "passaporte artístico"

Cabo Verde quer afirmar-se como plataforma tecnológica de referência em África

Novo presidente da AAVT quer transformar agências de viagens

Escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior concluídas

Empresários nacionais desafiam Portugal a deslocalizar empresas para Cabo Verde

AJEC propõe plataforma de informações sobre oportunidades de investimentos

Literatura: VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na UNICV

Criada equipa que vai coordenar Zona Económica Especial

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

Empresa alemã introduz energia das ondas do mar em Cabo Verde

Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Praia: Conjunto Histórico e Arqueológico da Trindade vai ser património nacional – ministro

Ilha do Fogo: Técnicos de Monumentos e Sítios do IPC na região Fogo e Brava para inventariar património cultural imóvel

Emprofac prevê um crescimento de 7% em 2018

Regionalização: Olavo Correia reposiciona-se

Ampliar o mercado africano para os países africanos

PM espera consensos necessários entre os deputados para se avançar com a Regionalização

Directora regional da OMT recomenda diversificação dos modelos de oferta turística em Cabo Verde

Dia Mundial do Teatro: Mindelact distingue jornalista Fonseca Soares com Prémio de Mérito Teatral

Capacidade de alojamento em Cabo Verde aumentou em 18% em 2017 – INE

Uma janela de oportunidade com o tempo contado

Cabo Verde entrega candidatura da morna a património mundial na UNESCO a 26 de Março

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo