PR sensibiliza governantes portugueses para situação da comunidade cabo-verdiana em São Tomé e Príncipe

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca disse hoje que teve um diálogo de “sensibilização” com o seu homólogo, Marcelo Rebelo de Sousa e com o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal visando a situação da comunidade cabo-verdiana em São Tomé e Príncipe.
Jorge Carlos Fonseca que falava à imprensa em jeito de balanço da visita a Cabo Verde do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, que terminou hoje, afirmou que a intenção é fazer com que Portugal participe também na melhoria de condições de vida dessa comunidade que chegou a São Tomé e Príncipe em anos anteriores à independência do arquipélago.

“A comunidade de São Tomé e Príncipe tem os problemas que todos nós conhecemos, e pelo facto de ter chegado a este país em anos anteriores à independência, tentei falar com o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa e o ministro português dos Negócios Estrangeiros para esta situação”, disse.

O que fiz após um diálogo de sensibilização, foi perguntar-lhes se estariam disponíveis para “junto connosco vermos algum mecanismo que possa levar a melhorar o sofrimento e os problemas sociais dos nossos neste país”, realçou.

Neste particular, Jorge Carlos Fonseca acredita ter deixado os governantes portugueses sensibilizados com a causa, pois, sublinha ter recebido a promessa de que na visita do governante a São Tomé e Príncipe, no mês de Maio, o tema será abordado.

“É um tema novo, nós temos uma boa relação com o Governo de São Tomé e Príncipe e vamos tentar resolver isso”, concluiu.

A emigração dos cabo-verdianos para São Tomé e Príncipe começou em 1903, para trabalhar como mão-de-obra nas roças (plantações) são-tomenses. Não há registos sobre o número exato, mas acredita-se que na ilha de Príncipe 80% da população seja constituída por cabo-verdianos e seus descendentes que vivem com vários problemas sociais.

Fonte: Sapo Notícias

Notícias

Deputados aprovam alteração da lei da cooperação descentralizada

Cabo Verde vai assumir a presidência da Conferência dos Ministros das Pescas da sub-região africana em agosto

Cabo Verde participa na Assembleia do BAD na Índia para debater a importância do setor agrícola em África

CCISS prepara para diálogo com o Governo sobre a reforma da política industrial em Cabo Verde

Portugal inaugura Sal Beach Soccer na sexta-feira. Cabo Verde defronta Inglaterra

Paralímpico cabo-verdiano conquista segunda medalha de ouro em campeonato mundial

Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

Navio-escola Sagres atraca pela 30.ª vez no porto do Mindelo

Governo está determinado em reerguer a TACV

Miss Africa USA Nereida Lobo está em Cabo Verde para promover plataforma sobre educação

Apoio orçamental do Banco Mundial a Cabo Verde depende da restruturação da TACV

Cabo Verde valoriza sistema nacional de estatísticas, diz governante

Cabo Verde aposta na Parceria Especial com UE para criar 45.000 postos de trabalho

Consórcio Ecovisão Cabo Verde e Instituto Marquês Valle Flor lançam a campanha “Somos pelo Ambiente”

Bispo do Mindelo representa Igreja Católica de Cabo Verde em Fátima

Eslovénia desembolsa 2,4 milhões de euros para reforçar telemedicina em Cabo Verde

Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

PR quer que “Saniculau na Praia” contribua para o processo do desenvolvimento da ilha de São Nicolau

Provedoria de Justiça de Portugal quer levar a sua experiência de 40 anos a Cabo Verde

Liberdade de imprensa: MpD satisfeito com subida de Cabo Verde no ranking

Banco Mundial duplica financiamento para Cabo Verde, diz governo

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros