PIB de Cabo Verde aumenta 4,9% no terceiro trimestre de 2017

O Produto Interno Bruto (PIB) em Cabo Verde aumentou, em termos homólogos, 4,9% em volume no terceiro trimestre de 2017, contra os 3% no trimestre anterior.
De acordo com o Relatório de Contas Nacionais Trimestrais, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), esta evolução positiva do PIB resultou do maior contributo das despesas do consumo final da administração pública.
O relatório especifica que o facto de no terceiro trimestre de 2017 o PIB ter registado uma variação homóloga de 4,9%, em termos reais, significa que houve uma taxa superior em 1,9% à verificada no segundo trimestre deste ano.
O documento indica ainda que o consumo final registou uma variação homóloga de 12,1% no terceiro trimestre do ano em análise (6% no trimestre anterior) e já o consumo privado aumentou 11%, em termos reais, traduzindo numa desaceleração face ao crescimento de 11,5% observado no 2º trimestre.
O consumo público apresentou uma taxa de variação homóloga de 16,3% (variação -11,7% no trimestre anterior).
“O Investimento, em termos homólogos, teve uma variação negativa de 12,3% em volume no terceiro trimestre de 2017 (variação 22,4% no trimestre anterior)”, informa o INE.
A fazer fé nos mesmos dados, as exportações e importações aumentaram em volume 14,1% e 5,8%, respetivamente.
O INE precisa que as exportações de bens e serviços em volume registaram, no período em análise, uma variação homóloga de 14,1% e que, em relação ao comércio externo, tudo indica que as exportações de bens diminuíram 9,9%, comparativamente ao período homólogo.
Por outro lado, os dados das exportações de serviços, segundo a balança de pagamentos, apresentaram uma variação homóloga de 12,5% no terceiro trimestre de 2017.
Em sentido contrário, as Importações de bens e serviços, em termos homólogos, aumentaram 5,8% em volume, com a componente bens a contribuírem positivamente e a de serviços negativamente.
Com base nos dados da balança de pagamentos, as importações de bens tiveram uma evolução positiva de 17,2% no terceiro trimestre de 2017, quando comparativamente com o período homólogo.
Em relação às importações de serviços, os dados apresentaram uma diminuição de 1,2% no terceiro trimestre de 2017.
No período em análise, o Valor Acrescentado Bruto (VAB) registou uma evolução homóloga positiva de 4,7% em termos reais, ao passo que este mesmo Valor do ramo da agricultura, diminuiu 6,5%, contribuindo assim negativamente em 0,5% para a variação total do crescimento do PIB.
Para o ramo da indústria transformadora, o VAB registou um aumento de 11,6% (11% no segundo trimestre de 2017), contribuindo com 0,9% para a variação total do crescimento do PIB.
Idêntica evolução foi verificada no ramo da construção, com um aumento de 1,8% no terceiro trimestre, tendo uma contribuição negativa de -0,4% na variação total do crescimento do PIB.
O VAB do ramo de comércio apresentou um crescimento mais acentuado no mesmo período em análise, com uma variação homóloga de 7% (3% no trimestre anterior), traduzindo-se num contributo para a variação homóloga do PIB em 0,7%.
No que se refere aos ramos do transporte, do alojamento e da restauração, o documento do INE apresenta um VAB, em termos reais, com uma variação de -3,3% e 18,2%, no terceiro trimestre, (contribuição de -0,4% e 1,1%, respetivamente).
Já o VAB do ramo da administração pública, registou um aumento de 9,9% no terceiro trimestre (6,8% no segundo  trimestre 2017), contribuindo em 1,8% na variação total do crescimento do PIB.
Por sua vez, os impostos líquidos de subsídios sobre os produtos, em termos reais, apresentaram um crescimento homólogo de 5,9% no terceiro trimestre, contribuindo em 1,5% na variação total do crescimento do PIB.
Os dados indicam que, no acumulado dos três primeiros trimestres do ano que ora encerra, o crescimento do PIB cabo-verdiano é bem evidente, com destaque para as atividades da indústria transformadora, da electricidade e da água, do comércio, do transporte, do alojamento e da restauração, dos serviços financeiros e dos seguros, da administração pública e também dos impostos líquidos dos subsídios sobre os produtos.

Fonte: PanaPress

Notícias

IPC realiza primeiro mergulho em arqueologia subaquática no ancoradouro da Cidade Velha

Biblioteca Nacional lança reedição de “Chiquinho” e promete edição de seis obras por ano

NOSi poderá representar um suporte do desenvolvimento tecnológico para construção de uma sociedade digital no país – PR

Lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais gestores da Economia Marítima

Mindelo: Atelier de lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais “stakeholders” da Economia Marítima

São Vicente: Trinta formandos recebem certificados na área de guia de turismo comunitário

Santa Catarina: Assembleia Municipal com Ribeira da Barca na agenda

Santo Antão: Criação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias traz à ilha catedráticos de Portugal

Artistas da CPLP pedem "passaporte artístico"

Cabo Verde quer afirmar-se como plataforma tecnológica de referência em África

Novo presidente da AAVT quer transformar agências de viagens

Escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior concluídas

Empresários nacionais desafiam Portugal a deslocalizar empresas para Cabo Verde

AJEC propõe plataforma de informações sobre oportunidades de investimentos

Literatura: VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na UNICV

Criada equipa que vai coordenar Zona Económica Especial

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

Empresa alemã introduz energia das ondas do mar em Cabo Verde

Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Praia: Conjunto Histórico e Arqueológico da Trindade vai ser património nacional – ministro

Ilha do Fogo: Técnicos de Monumentos e Sítios do IPC na região Fogo e Brava para inventariar património cultural imóvel

Emprofac prevê um crescimento de 7% em 2018

Regionalização: Olavo Correia reposiciona-se

Ampliar o mercado africano para os países africanos

PM espera consensos necessários entre os deputados para se avançar com a Regionalização

Directora regional da OMT recomenda diversificação dos modelos de oferta turística em Cabo Verde

Dia Mundial do Teatro: Mindelact distingue jornalista Fonseca Soares com Prémio de Mérito Teatral

Capacidade de alojamento em Cabo Verde aumentou em 18% em 2017 – INE

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo