Ministro José Gonçalves representa Cabo Verde na 61ª reunião da Comissão Regional da OMT para a África

O ministro do Turismo e Transportes, José Gonçalves, encontra-se na Nigéria a representar Cabo Verde na 61ª reunião da Comissão Regional da Organização Mundial do Turismo (OMT) para a África, que decorre até quarta-feira, em Abuja.

Segundo nota governamental, o encontro sob o mote “Estatísticas do Turismo: Um Catalisador para o Desenvolvimento”, reúne todos os Estados africanos membros da OMT, incluindo também várias instituições internacionais relacionadas com o sector do turismo.

A 61ª reunião da Comissão Regional da Organização Mundial do Turismo (OMT) para a África visa analisar os actuais desafios e oportunidades para as estatísticas do turismo em África, trocar experiências e partilhar estudos de casos sobre medição do turismo, bem como construir pontes entre os países africanos e fomentar parcerias com instituições-chaves e partes interessadas.

O evento pretende ainda procurar soluções para um sistema mais eficaz de estatísticas do turismo, explorar nova abordagem sobre a medição do turismo sustentável para os países africanos e a sua relevância para melhorar os dados e as políticas do turismo e a integração de estratégias estatísticas nos planos de desenvolvimento do turismo em África.

Segundo a mesma fonte, para esta terça-feira está prevista a análise e discussão de “importante” tema para a OMT como seja a importância das estatísticas do turismo: “melhor medida para uma melhor gestão”.

Trata-se de uma sessão ministerial interactiva que vai abordar a relevância das estatísticas do turismo como uma ferramenta para o desenvolvimento de estratégias eficazes para o turismo sustentável e sua contribuição para as economias nacionais e a necessidade de construir um sistema sólido de estatísticas de turismo e o engajamento de partes interessadas nacionais e parcerias institucionais necessárias para alcançar esse objectivo.

No painel um, o evento vai analisar as estatísticas do turismo na prática, como seguir em frente, tendo em conta as duas normas estatísticas internacionais da ONU, as recomendações Internacionais para as Estatísticas do Turismo de 2008 e a Conta Satélite do Turismo (TSA): Quadro Metodológico Recomendado 2008, que formam a base do actual sistema de estatísticas do turismo.

“Esta sessão fará um balanço do estado actual da medição do turismo nos países africanos e da implementação desses padrões. Os diferentes estudos de caso que serão apresentados darão a oportunidade de compartilhar experiências, desafios enfrentados e lições aprendidas”, avança a nota de imprensa.

No painel dois, alargar o âmbito, estabelecer um quadro estatístico do turismo para medir o turismo sustentável em África, os participantes irão abordar a relevância e o potencial da medição do turismo sustentável (MST) nos países africanos.

“Cabo Verde, através do INE (Instituto Nacional de Estatística), é único na CEDEAO, e um dos poucos países africanos que tem implementado a TSA desde 2011 – com uma cobertura nacional em mais de 90% – e que tem partilhado o conhecimento e experiência na matéria há vários anos com seus parceiros africanos”, refere.

Neste sentido, o arquipélago vai procurar parceria com a OMT para reforçar ainda mais a sua capacidade neste quesito e ajudar os seus parceiros africanos que ainda não tenham essa ferramenta implementada.

Com a realização da 61ª reunião da Comissão Regional da Organização Mundial do Turismo (OMT) para a África, os Estados africanos membros da OMT esperam aumentar a conscientização sobre a importância das estatísticas do turismo como ferramenta para melhorar a organização e a gestão do sector.

Promover parcerias entre instituições relevantes e partes interessadas relevantes e atribuir a importância das estatísticas do turismo como ferramenta para melhorar a medição e o gerenciamento são outros dos resultados almejados.

Além de José Gonçalves, que é também ministro da Economia Marítima, a delegação cabo-verdiana inclui ainda o director-geral do Turismo e Transportes, Francisco Martins, e o vice-presidente do INE, Celso Ribeiro.

Fonte: InforPress

Notícias

Cabo Verde e Holanda reforçam cooperação nas áreas do turismo, educação e segurança social

Porto Novo: Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável 2030 com um orçamento de 12 milhões de contos

São Domingos: Arqueólogos da Universidade de Cambridge fazem escavações em Alcatraz

Padre Constantina diz que reabilitação da igreja na Cidade Velha representa reconstrução da história do país

Santa Cruz: Programa Jov@Emprego realiza encontro com os setores privados de produção de “Banana e turismo rural”