Ministro Abraão Vicente participa no Festival Literário de Macau

O ministro da Cultura e Indústrias Criativas (MCIC), Abraão Vicente, vai promover escritores Cabo-verdianos na 6ª edição do “Festival Literário de Macau – Rota das letras”, que arranca neste sábado,4, prolongando-se até o dia a 7 de Março, naquela Cidade Chinesa

Segundo o gabinete do ministro, Abraão Vicente vai liderar a sessão literária sobre “Cabo Verde, País de Escritores”, dedicada aos autores cabo-verdianos, a ser realizada na terça-feira, 7 de Março, no Edifício do Antigo Tribunal, onde fica a atual sede do Festival Literário de Macau.

Ainda neste mesmo dia, está programado a participação do “MCIC” de Cabo Verde na projecção do documentário “Cesária Évora – Nha Sentimento”. A curta metragem é da autoria da realizadora portuguesa Sofia Leite e vai ser dedicada ao nome maior da morna cabo-verdiana. Neste documentário, a realizadora vai revelar quem era essa cantora de origens modestas, que teve orgulho de a acompanhar na sua tournée.

Para o presidente da Associação de Amizade Macau – Cabo Verde, Daniel Pinto, a vinda de Abraão Vicente à “Rota das Letras” é uma oportunidade para a comunidade Cabo-verdiana residente em Macau registar um sentimento pátrio, de orgulho, de honra e de realização.

“Somos um povo cultural, de músicos e de escritores. A nossa agricultura é pobre, mas fazemos das secas um campo de vida através da poesia e de escritores de alto nível. Isso é que a nossa força motriz. E o escritor Abraão Vicente fará um bom trabalho em nome da comunidade, por forma a engrandecer Cabo Verde”, acrescenta Daniel Pinto.

Antes das duas sessões dedicadas a Cabo Verde no dia 7, Abraão Vicente “participará num debate a realizar-se no domingo, 5 de Março, com a presença de convidados do VII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, promovida pela “UCCLA”, em parceria com o “Festival Literário de Macau – Rota das Letras”, que temo como tema “Literatura e Viagem ao Encontro da Cidade: Onde me Questiono e me Encontro”.

Nessa 6ª edição do “Festival Literário de Macau - Rota das Letras”, vai ser assinado ainda um protocolo de parceria com o novo “Morabeza – Festival Literário de Cabo Verde”, que terá a sua edição inaugural no último trimestre de 2017, na Cidade da Praia.

Fonte: A Semana

Notícias

Deputados aprovam alteração da lei da cooperação descentralizada

Cabo Verde vai assumir a presidência da Conferência dos Ministros das Pescas da sub-região africana em agosto

Cabo Verde participa na Assembleia do BAD na Índia para debater a importância do setor agrícola em África

CCISS prepara para diálogo com o Governo sobre a reforma da política industrial em Cabo Verde

Portugal inaugura Sal Beach Soccer na sexta-feira. Cabo Verde defronta Inglaterra

Paralímpico cabo-verdiano conquista segunda medalha de ouro em campeonato mundial

Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

Navio-escola Sagres atraca pela 30.ª vez no porto do Mindelo

Governo está determinado em reerguer a TACV

Miss Africa USA Nereida Lobo está em Cabo Verde para promover plataforma sobre educação

Apoio orçamental do Banco Mundial a Cabo Verde depende da restruturação da TACV

Cabo Verde valoriza sistema nacional de estatísticas, diz governante

Cabo Verde aposta na Parceria Especial com UE para criar 45.000 postos de trabalho

Consórcio Ecovisão Cabo Verde e Instituto Marquês Valle Flor lançam a campanha “Somos pelo Ambiente”

Bispo do Mindelo representa Igreja Católica de Cabo Verde em Fátima

Eslovénia desembolsa 2,4 milhões de euros para reforçar telemedicina em Cabo Verde

Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

PR quer que “Saniculau na Praia” contribua para o processo do desenvolvimento da ilha de São Nicolau

Provedoria de Justiça de Portugal quer levar a sua experiência de 40 anos a Cabo Verde

Liberdade de imprensa: MpD satisfeito com subida de Cabo Verde no ranking

Banco Mundial duplica financiamento para Cabo Verde, diz governo

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros