Governo vai investir 2 milhões de contos no Programa completo de desencravamento em Santiago

A Sessão Solene comemorativa dos 23 anos do Município de São Domingos serviu de palco para o Primeiro-Ministro, José Ulisses Correia e Silva, anunciar que o Governo vai investir, só na ilha de Santiago, 2 milhões de contos no Programa completo de desencravamento.

“Estamos a trabalhar num programa para o desencravamento das localidades com potencial agrícola, piscatório e turístico. Existem, em quase todas as ilhas, muitas localidades com capacidade de produção agrícola, piscatória e de interesse turístico encravadas e com populações a viverem em estado de pobreza. As vias de acesso em boas condições serão estradas para a viabilização de economias locais, para a retirada de muitas famílias da pobreza e para o acesso mais facilitado à escola e aos cuidados de saúde”, avançou o Primeiro-ministro, lembrando que brevemente vai voltar a São Domingos, na sequência de um programa de visitas que abarcará todos os municípios do país.

O objetivo é desenvolver a economia da ilha e dos concelhos, condição necessária para criar emprego e gerar rendimento para as famílias. E para S. Domingos, diz Ulisses Correia e Silva, o foco é a modernização e a rentabilização da agricultura e da agroindústria, assim como a criação de condições para o desenvolvimento de um turismo verde, ecológico e de natureza.

Também, acrescentou o primeiro-ministro, o Governo vai trabalhar, em parceria com a Câmara Municipal, num forte programa de requalificação urbana, com uma intervenção macro sobre as cidades e as localidades para torná-las atrativas, organizadas, planeadas urbanisticamente, seguras, com bom nível de saneamento e educativas a nível cívico e ambiental.

O chefe do governo anunciou que, no próximo ano, deverá ainda arrancar um vasto programa de habitação social e de reabilitação de casas orientado para as localidades e famílias mais pobres, bem como um forte programa de empreendedorismo jovem, de estágios profissionais e de estímulo ao emprego, através de um sistema de janela única de atendimento.

Fonte: A Semana

Notícias

Estrada de Chã de Pedras inaugurado no dia 25 de junho

Maritza Rosabal visita Sal e São Nicolau

Cabo Verde vai negociar com UE alargamento do acordo de parceria

FMI em Cabo Verde para avaliar políticas macroeconómicas

Ilha Brava: V Edição da Feira Agro-Pecuária começa hoje

Equipa de Coordenação de Reformas da Administração Pública já foi constituída

Governo vai aumentar o salário mínimo nacional para 15 mil escudos mensal até 2021

Cabo-verdiano reconduzido como Juíz do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar

Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

UE alarga prazo a Cabo Verde para exportar pescado no mercado europeu

Cabo Verde reavalia investimentos do BAD dado baixo nível de execução de projetos

Cabo Verde enfrenta ainda “grandes precariedades” na disponibilização de água - PR

90,1% da população já tem acesso à eletricidade em Cabo Verde, diz estudo

Advogados suspendem assistência judiciária oficiosa em Cabo Verde

Empresário chinês de Macau abre banco em Cabo Verde

Banco Central de Cabo Verde procede a corte de dois pontos na taxa diretora

Côte d’Ivoire interessada na experiência de Cabo Verde em matéria de governação eletrónica

Workshop nacional prepara novo quadro de cooperação entre o Governo de Cabo Verde e as Nações Unidas – UNDAF

Empresários cabo-verdianos procuram novas alternativas de negócios em missão à Holanda e Luxemburgo

Volume de negócios nos serviços regista variação homóloga de 5,8% no primeiro trimestre de 2017

Prémio Nacional de Qualidade distingue organizações que contribuem para competitividade do país

Binter Cabo Verde promete que vai garantir “ligação eficiente” entre as ilhas a partir de 1 de Agosto

Porto de águas profundas chumbado pelo Governo

São Vicente: Os artesãos e o CNAD realizam Feira de Artesanato em comemoração do Dia das Crianças