Governo pretende “ampliar” transportes aéreos com os Açores

Olavo Correia reuniu em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, com o vice-presidente do Governo dos Açores, no âmbito de uma visita oficial à região, que termina esta segunda-feira

O ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, defende um reforço da cooperação com os Açores no sector dos transportes, da agricultura, formação profissional, entre outras potenciais áreas comuns aos dois arquipélagos.

“Os transportes é o mais importante. Queremos abordar este mercado porque onde existe emigração cabo-verdiana há também diáspora dos Açores, como nos EUA, mas também na França e outros mercados. Há aqui potencial para ampliar o mercado e poder cada um ter uma fatia maior”, declarou o responsável pela pasta das Finanças.

Olavo Correia, que reuniu em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, com o vice-presidente do Governo dos Açores, no âmbito de uma visita oficial à região, que termina esta segunda-feira, concretizou que gostaria que a SATA ligasse outros destinos a partir da cidade da Praia ou São Vicente, em Cabo Verde.

Actualmente a SATA liga Cabo Verde e os Açores, com extensão a Boston, nos Estados Unidos, e a outros destinos europeus e norte-americanos para onde voa actualmente a transportadora aérea açoriana.

O ministro de Cabo Verde, sobre a hipótese de uma participação do Governo dos Açores na companhia pública Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) disse que “esta é uma questão que poderá ser analisada posteriormente” no âmbito do processo de privatização, que “está a cumprir os trâmites legais”.

“Mas mais do que a participação directa na TACV está a cooperação entre os dois governos para abordar melhor o mercado dos transportes aéreos na perspectiva da diáspora, do turismo, mas também para que as nossas empresas sejam mais rentáveis”, frisou o governante.

Olavo Correia referiu que há mercado para os produtos açorianos em Cabo Verde, e vice-versa, tendo destacado os lacticínios, mas na sua opinião torna-se necessário “criar condições” em termos de transportes aéreos e marítimos.

O membro do executivo de Cabo Verde admitiu que existem contactos entre a indústria transformadora de atum Cofaco, com duas unidades nos Açores, e o governo do seu país, para a instalação de uma fábrica naquele arquipélago, tendo afirmado que estão a ser criadas condições em termos de impostos e financiamento, a par dos transportes para atrair investimento exterior.

O vice-presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila, considerou que existe um “potencial de complementaridade em termos de estrutura produtiva e de “proximidade” que pode ser materializado através dos transportes aéreos e marítimos.

Sérgio Ávila afirmou que as ligações da SATA com Cabo Verde, a partir dos EUA, estão a decorrer com “excelente sucesso”, o que “permite perspectivar que há possibilidades de evolução” da operação.

Fonte: A Nação

Notícias

Maio: A ilha vai receber o primeiro estudo arqueológico em Março – IPC

Governo vai legislar sobre o regime especial de protecção das tartarugas marinhas em Cabo Verde

Candidaturas para 3ª edição do Prémio Literário UCCLA decorrem até 31 de Janeiro

Praia: Ordem do Médicos realiza o seu terceiro Congresso Internacional e o oitavo Congresso Médico Nacional

Leão de Prata de Veneza para cabo-verdiana Marlene Freitas

UE financia projeto de turismo solidário e sustentado na ilha cabo-verdiana do Maio

Santo Antão: Em carteira investimentos de nove mil contos recuperação dos percursos turísticos no Porto Novo

Estudo aponta Cabo Verde como um dos três países de África livre de conflitos armados

Jornalistas cabo-verdianos abraçam causa da violência sexual contra crianças e adolescentes

Tarrafal: Governo vai investir nas potencialidades do concelho para “abrir as portas” ao seu desenvolvimento

Santo Antão: Operadores voltam a mostrar preocupação quanto à implementação da Rota das Aldeias Rurais

Sara Alhinho e Clément Burelle apresentam “Mosaico de Sentimentos” na Praia

Reguladora da aviação quer implementar stopover em Cabo Verde

FAO desembolsa $ 16,3 milhões para projetos de desenvolvimento em Cabo Verde

O desenvolvimento das Maurícias como exemplo para Cabo Verde

FAO assina com Governo Quadro de Programação do País 2018-2022 no valor de 16.3 milhões de dólares

Ilha do Maio: Investidores chineses interessados no mercado turístico na ilha

Delegação empresarial chinesa visita São Vicente com Zona Económica Especial na mira

Governo quer que todos sejam parte das soluções para o país

Governo assina acordo de colaboração com instituições religiosas de solidariedade social

Ministério das Finanças promove 1˚ Encontro com a Juventude sobre a Economia Digital

Governo vai assinar convenção de estabelecimento com TRG Praia para construção de hotel Hilton na capital

Pequenos empreendimentos turísticos vão receber apoio e assistência técnica para obterem o selo de qualidade – IGQPI

Cabo Verde lidera lista de lugares que CNN recomenda visitar em 2018

PIB de Cabo Verde aumenta 4,9% no terceiro trimestre de 2017

Ilha do Sal: Taxa ocupação hotéis aproxima-se dos 100%

Porto Novo: Produtores do queijo tradicional apostam na afirmação internacional do produto galardoado com “Slow Cheese Award”