Festival Literatura Mundo Sal terá a participação de 15 escritores estrangeiros e 11 cabo-verdianos

O festival vai incluir quatro conferências, sete mesas de diálogos temáticos, feira de livros, sessões de leituras poéticas e de leituras autorais diversas e encontros com estudantes da ilha.

A 3ª edição do Festival de Literatura-Mundo do Sal (FLMSal) realiza-se de 27 a 30 de junho, em homenagem aos escritores Orlanda Amarílis (Cabo Verde) e Johann Wolfgang von Goethe (Alemanha).

A sessão de elogio aos homenageados ficará a cargo do antropólogo Manuel Brito-Semedo e da diretora do Goethe Institut Portugal, Susanne Sporrer.

Tendo por patrono a Câmara Municipal do Sal, o FLMSal tem a curadoria científica da Professora Inocência Mata e a organização da Rosa de Porcelana Editora, visando, segundo a organização,”consolidar a ilha do Sal como centralidade literária em Cabo Verde” e inscrevê-la “como ilha Literária reconhecida internacionalmente”.

A iniciativa visa, igualmente, “promover a reflexão e o debate sobre o tema da Literatura-Mundo e, através de parcerias institucionais, circular e fazer dialogar autores e suas obras numa plataforma internacional”.

Para além de escritores e professores cabo-verdianos, autores e investigadores da Alemanha, Angola, Brasil, Espanha, Moçambique, Nigéria, Portugal, São Tomé e Príncipe e Vietname estarão entre os convidados para o este encontro “científico-literário”.

Conforme a organização, o festival vai incluir quatro conferências, sete mesas de diálogos temáticos, feira de livros, sessões de leituras poéticas e de leituras autorais diversas e encontros com estudantes da ilha.

Participam onze escritores e professores cabo-verdianos e quinze estrangeiros. De várias universidades brasileiras, confirma-se a vinda de mais de uma dezena de interessados em literatura, que virão a Cabo Verde para assistir ao Festival de Literatura-Mundo do Sal.

O Festival, que será aberto pelo Presidente da República de Cabo Verde, o escritor Jorge Carlos Fonseca, terá suas atividades a ocorrerem no auditório do Hotel Belorizonte, sessões de leituras no restaurante Sabores & Livros e visitas de escritores ao Complexo Educativo Manoel António Martins e ao Colégio das Letrinhas.

Fonte: A Nação

Notícias

Portugal e Cabo Verde unidos pela livre circulação esperam "boas notícias" na CPLP

Santo Antão: Operadores dizem-se “vítimas da concorrência desleal” do turismo residencial que começa a ser fomentado na ilha

Primeira revista de desportos náuticos de Cabo Verde lançada a 15 de Junho no Sal

Empresa espanhola prepara documentário sobre o turismo Azul em Santo Antão

Santo Antão: Municípios congratulam-se com decisão do Governo em avançar com master plan do turismo para ilha