Director do Ambiente garante "excelente" qualidade das águas balneares

A qualidade das águas balneares de Cabo Verde "é excelente" e as obras que se registam junto a várias praias da capital não a tem afetado, revelou o diretor nacional do Ambiente que promete publicar os resultados das análises.

Em entrevista à agência Lusa, Alexandre Rodrigues afirmou que as análises realizadas em 2018 às águas balneares revelaram que a água é "de boa qualidade e segue aquilo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda".

Ainda assim, no ano passado registou-se a presença da bactéria Streptococcus (comum nas fezes) numa quantidade superior ao limite, mas a mesma não foi confirmada nas análises repetidas 15 dias depois, o que aponta para um episódio corrigido naturalmente.

Até agora, as análises às águas balneares em Cabo Verde eram realizadas durante a época balnear, mas este ano vão passar a ser feitas antes e durante a época balnear para que as autoridades tenham "padrões de comparação".

"Vamos analisar todas as praias mais importantes de Cabo Verde: Santiago, São Vicente, Boavista e Sal", disse, não descartando a hipótese de estender estas análises a outras praias que venham a necessitar.

Alexandre Rodrigues deixa uma garantia: "Posso assegurar aos cabo-verdianos e aos visitantes que a nossa água balnear é de excelente qualidade".

Também pela primeira vez este ano os resultados das análises irão ser divulgados publicamente, tal como a própria legislação define.

Sobre as obras que se realizam junto a várias praias na capital de Cabo Verde, cidade da Praia, o diretor nacional do Ambiente afirma que estas não têm tido impacto na qualidade das águas balneares.

Prainha, Quebra Canela e Gamboa são três das principais praias na capital e junto a elas estão a ser construídos vários empreendimentos, nomeadamente um casino, um hotel e vários restaurantes.

As análises realizadas em 2018 ocorreram após dois anos sem que este controlo tivesse existido.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis