Correios criam centro interpretativo de filatelia

Os Correios de Cabo Verde (CCV) vão criar um centro interpretativo dedicado à filatelia que servirá também como museu para expor peças ligadas à área dos correios e telecomunicações no país.

O administrador executivo dos CCV, Cipriano Carvalho, afirmou, em entrevista, que o centro será erguido atrás dos Correios no Plateau, no espaço conhecido por “Cruzeiro”, nas proximidades do local onde a câmara pretende construir um miradouro.

A mesma fonte avançou ainda que o projecto já foi elaborado e uma empresa especializada já fez as medições para trabalhar o ‘layout’, faltando agora receber a proposta técnica e financeira.

“O que estamos a pretender é criar um centro interpretativo, dentro em breve, que vai funcionar como um museu, vamos ter uma exposição permanente de todos os selos que foram emitidos em Cabo Verde e vamos organizar este centro interpretativo com selos por tema mas também cronologicamente”, afirmou Cipriano Carvalho.

“Temos peças desde a era dos correios e telecomunicações como receptáculos de cartas, malas, malotes, sacos, cornetas, bicicletas, balanças antigas que são coisas fenomenais para se ver, aparelhos de telex e telegramas que hoje já não existem”, observou Cipriano Carvalho.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis