Carvão do Maio pode vir a ser comercializado a partir de quarta-feira com marca própria

A apresentação do projecto foi feita sexta-feira, com a presença dos carvoeiros do Maio, que de bom agrado receberam a iniciativa, cientes que todos sairão a ganhar

A ilha do Maio já dispõe de uma empresa de logística e comercialização, criada pelo empresário Nato Ribeiro, com o propósito de vender todo o carvão produzido na ilha, com marca própria e em formatos diferentes.

A ideia surgiu aquando da visita do empresário à ilha, durante a qual observou que os carvoeiros passam por momentos difíceis para conseguirem produzir e depois vender os seus produtos na capital do país.

“Quando vi que existe muita exploração por parte dos clientes e as dificuldades por que passam os carvoeiros até o seu produto chegar à Cidade da Praia, decidi criar uma empresa, justamente para valorizar não só o produto feito no Maio, mas também os próprios carvoeiros, que passam muitas dificuldades em produzir o carvão”, explicou.

Com este projecto, cujo processo deverá arrancar na quarta-feira, 8, com a vinda do navio Sotavento, Nato Ribeiro pretende comprar todo o carvão que é produzido na ilha e depois colocá-lo em embalagens de formatos diferentes com o logótipo da ilha e da empresa.

Os formatos das embalagens variam desde 15, 20 e 30 quilos, por forma a facilitar as donas de casa na aquisição deste produto nos mercados e supermercados do país.

“Com este projecto pretendemos também criar postos de trabalho aqui na ilha, porque vai ser preciso o transporte desde o forno até ao armazém. Depois vai ser necessário mão-de-obra para fazer a embalagem e, posteriormente, a sua colocação no barco. Tudo isso, certamente, vai contribuir para que este produto venha ser mais valorizado”, notou.

Para a implementação deste projecto, Nato Ribeiro disse que está a contar com a colaboração da edilidade maiense bem como da Delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente.

O empresário fez saber, entretanto, que o preço final do produto vai sofrer uma “ligeira alteração”, tendo em conta que o mesmo passa a ser melhor tratado e embalado, o que acarreta “algum custo”.

A apresentação do projecto foi feita sexta-feira, com a presença dos carvoeiros do Maio, que de bom agrado receberam a iniciativa, cientes que todos sairão a ganhar.

Fonte: A Nação

Notícias

Turismo: Reino Unido lidera entradas e dormidas em Cabo Verde no 3º trimestre

Santiago: Escola de Música de São Domingos é inaugurada hoje

Mindelact’ 2017 – Organização diz que foi o melhor de sempre

“Na bancada todos têm opinião”, a resposta de Olavo Correia a José Maria Neves

Portugal acolhe Fórum de Desenvolvimento de Cabo Verde com enfoque no investimento externo

Bruma seca: voo da TAP desviado de São Vicente para a Praia

São Vicente: 21ª FIC com 100 expositores 53% dos quais de operadores de Cabo Verde

Cabo Verde e China renovam acordo no domínio da defesa

Mindelo acolhe XXI Edição da Feira Internacional de Cabo Verde

Ulisses Correia preside abertura Fórum Nacional de Educação

Estado ainda não concretizou entrada no capital da Binter Cabo Verde

Chegou o primeiro avião da Icelandair, há mais três a caminho

Fundação Amílcar Cabral cria circuito turístico do grogue e seus derivados em Santo Antão

Carvão do Maio pode vir a ser comercializado a partir de quarta-feira com marca própria

TUI já voa directo de Amsterdão para a Praia

Jorge Figueiredo acreditado como embaixador de Cabo Verde em Angola

Plano de emergência de Santa Catarina do Fogo ascende a 22 mil contos

Jaime Mayaki, OMT: O turismo não pode continuar a ser pensado como antes

TACV retoma ligações diárias entre Praia e Lisboa a partir de 7 de Novembro

Morabeza Festa do Livro arranca com formações e lançamento de livro de Eugénio Tavares

Porto Novo: Criação da paróquia São João Paulo II vai no mesmo sentido daquilo que pretendemos a nível autárquico – edil

Arlindo Carvalho é o novo presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde

Presidente da Câmara de Deputados de Luxemburgo visita Cabo Verde

Banana de Santa Cruz poderia abastecer mercado turístico de Sal e Boa Vista