Câmara da Praia prevê investir cerca de 500 mil contos na requalificação da Praça Alexandre Albuquerque

A Câmara Municipal da Praia (CMP) pretende investir cerca de 500 mil contos na requalificação da Praça Alexandre Albuquerque, com um parque de estacionamento subterrâneo de dois pisos para 400 veículos, informou hoje o edil praiense Óscar Santos.

Em declarações, o presidente da autarquia praiense adiantou que, neste momento, o projeto está em consulta pública nas redes sociais para recolha de subsídios e depois será socializado com a população e moradores do Platô, tendo assegurado que as obras deverão começar daqui a dois anos.

Assegurou que a autarquia solicitou um estudo sobre o estacionamento no Platô, e a mesma revelou que existe um problema de parqueamento e que os lugares disponíveis começam a ser insuficientes e que daqui a 2 ou 3 anos a cidade ficará estrangulada.

Segundo explicou o edil praiense, para além de um parque de estacionamento subterrâneo de dois pisos para acolher cerca de 400 carros, o projeto integral da praça Alexandre Albuquerque prevê a revitalização da fonte, reorganização do espaço verde, criação de nova esplanada e postos de informação turística.

“Vamos ter margem de transformar algumas partes e ruas do Platô em pedonal seguindo a tendência mundial que é devolver a cidade onde as pessoas possam ter espaços pedonais para andar, daí a necessidade de termos uma visão a longo prazo sobre que cidade queremos ter”, precisou, o autarca que disse que o objetivo é resolver a questão de estacionamento do centro do Platô e melhorar o aspeto da cidade.

Por se tratar de um projeto da câmara e de grande dimensão, afirmou que o orçamento ronda os 400 a 500 contos e vai ser implementado em 2021.

Óscar Santos disse que o projeto ainda não está fechado e que é importante as pessoas participarem e darem opiniões.

Fonte: Sapo CV

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis