Cabo-verdiano vence concurso internacional para jovens ambientalistas

O ambientalista cabo-verdiano Jaquelino Varela é um dos três vencedores do concurso internacional “Young Professional Marine Challenge” (Desafio Marinho para Jovens Profissionais), promovido pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), apurou a PANA sexta-feira, de fonte segura.
O jovem ambientalista, de 28 anos, vai ser um dos  participantes no Congresso Internacional sobre a Conservação da Natureza, a ter lugar de 1 a 10 de setembro em Hawaii, Estados Unidos.
O concurso “Young Professional Marine Challenge” decorreu durante os meses de abril e maio e convidava jovens de todo o mundo, com idade inferior a 35 anos, membros de uma organização ambiental, a apresentarem as suas iniciativas de conservação marinha e seus impactos.
Jaquelino Varela apresentou a sua candidatura  com base na experiência enquanto membro da Associação Ambiental Caretta Caretta, uma Organização não Governamental que trabalha na proteção e preservação das tartarugas marinhas em Cabo Verde.

Para Jacquelino Varela, vencer o concurso e participar naquele que é o maior evento da conservação da natureza representa um “grande reconhecimento” a todo trabalho que ele vem realizando a nível nacional em prol da conservação da natureza.
“É um evento realizado pela maior organização de conservação da natureza do Planeta, que é a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), que acontece a cada quatro anos, reunindo líderes mundiais das organizações ambientais para discutir diferentes assuntos ligados à conservação da natureza e enquanto ambientalista tenho todo o gosto e orgulho em participar neste evento”, precisou.
O ambientalista, formado em Biologia pela Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) e  mestre na área de Ensino e Biologia pela Bridgewater State University (Estados Unidos), promete levar para o evento a experiência cabo-verdiana em matéria da proteção da natureza e de forma particular da Associação Ambiental Caretta Caretta.
Também é propósito de Jacquelino Varela a integração dessa ONG na rede de comunicação existente a nível internacional e torná-la também num dos membros UICN.
O ambientalista, que  é director da Juventude na Câmara Municipal de Santa Cruz, disse que vai partcipara na conferência também com olhos postos na angariação de patrocínios para implementação dos projetos de preservação da natureza em Cabo Verde.

Fonte: Panapress

Notícias

Santo Antão: Vinda de turistas islandeses à ilha confirma que turismo local está a conquistar novos mercados na Europa

Cabo Verde precisa de um quadro regulatório mais forte de integração entre a biodiversidade e o turismo

Sal: Praia de Santa Maria poderá hastear Bandeira Azul dentro de três anos – Biosfera1

Praias de Cabo Verde com condições para Bandeira Azul após aplicação de medidas – ONG

Primeiros inspetores chefes da PJ de Cabo Verde com formação da congénere portuguesa