Cabo-verdiano vence concurso internacional para jovens ambientalistas

O ambientalista cabo-verdiano Jaquelino Varela é um dos três vencedores do concurso internacional “Young Professional Marine Challenge” (Desafio Marinho para Jovens Profissionais), promovido pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), apurou a PANA sexta-feira, de fonte segura.
O jovem ambientalista, de 28 anos, vai ser um dos  participantes no Congresso Internacional sobre a Conservação da Natureza, a ter lugar de 1 a 10 de setembro em Hawaii, Estados Unidos.
O concurso “Young Professional Marine Challenge” decorreu durante os meses de abril e maio e convidava jovens de todo o mundo, com idade inferior a 35 anos, membros de uma organização ambiental, a apresentarem as suas iniciativas de conservação marinha e seus impactos.
Jaquelino Varela apresentou a sua candidatura  com base na experiência enquanto membro da Associação Ambiental Caretta Caretta, uma Organização não Governamental que trabalha na proteção e preservação das tartarugas marinhas em Cabo Verde.

Para Jacquelino Varela, vencer o concurso e participar naquele que é o maior evento da conservação da natureza representa um “grande reconhecimento” a todo trabalho que ele vem realizando a nível nacional em prol da conservação da natureza.
“É um evento realizado pela maior organização de conservação da natureza do Planeta, que é a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), que acontece a cada quatro anos, reunindo líderes mundiais das organizações ambientais para discutir diferentes assuntos ligados à conservação da natureza e enquanto ambientalista tenho todo o gosto e orgulho em participar neste evento”, precisou.
O ambientalista, formado em Biologia pela Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) e  mestre na área de Ensino e Biologia pela Bridgewater State University (Estados Unidos), promete levar para o evento a experiência cabo-verdiana em matéria da proteção da natureza e de forma particular da Associação Ambiental Caretta Caretta.
Também é propósito de Jacquelino Varela a integração dessa ONG na rede de comunicação existente a nível internacional e torná-la também num dos membros UICN.
O ambientalista, que  é director da Juventude na Câmara Municipal de Santa Cruz, disse que vai partcipara na conferência também com olhos postos na angariação de patrocínios para implementação dos projetos de preservação da natureza em Cabo Verde.

Fonte: Panapress

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis