Cabo Verde sobe dois lugares no Índice de Desenvolvimento das TIC´s e ocupa a 4º posição a nível de África

Cabo Verde passou de 99º lugar em 2015, para 97º, em 2016, a nível mundial com o índice de 4.60. Em África, o arquipélago ocupa a primeira posição, a nível da sub-região da África Ocidental e o quarto lugar a nível do continente, ficando atrás apenas das Ilhas Maurícias, Seychelles e África do Sul. Estes dados foram divulgados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) no seu relatório anual de TICs, “Medindo a Sociedade de Informação 2016”.

O Índice de Desenvolvimento das TICs (IDI) obtido por Cabo Verde é resultado da média de três sub-índices: infraestruturas e acesso (com o peso de 40%), em que o nosso país obteve o índice de 5.02; intensidade do uso das TIC (peso de 40%), com o índice de 4.03 (uma evolução positiva de 11 posições em relação a 2015 que ocupava 88ª e índice de 3.24); e, finalmente, o sub-índice capacitação dos utilizadores (peso 20%), em que o índice obtido foi de 4.89.

O ranking é liderado pela República da Coreia com o índice de 8.84 e na cauda da tabela está o Níger com uma pontuação de 1.07.

Fonte: A Semana

Notícias

Cabo Verde sobe dois lugares no Índice de Desenvolvimento das TIC´s e ocupa a 4º posição a nível de África

Ministro das Finanças participa na Assembleia da Primavera do Fundo Monetário Internacional

Cabo Verde e China alargam cooperação no setor das TIC

PR sensibiliza governantes portugueses para situação da comunidade cabo-verdiana em São Tomé e Príncipe

Presidente Marcelo: Nenhum outro povo está unido como os cabo-verdiano e português pela morabeza e pela saudade

Ex-primeiro-ministro cabo-verdiano lança Fundação para Governança

CEDEAO adota projeto destinado a reduzir desemprego de jovens

Cabo Verde recebe $1.4 milhões para implementar projeto educativo

Cabo Verde participa no capital do Afreximbank

Polémica no Fogo: Sócios da “Salina Turismo e Serviços” não aceitam demolição da infra-estrutura turística em Salinas

Cabo Verde regista aumento de tráfego aéreo, marítimo e terrestre de passageiros

Comércio Externo : Exportações e reexportações diminuiram e importações aumentaram em 2016 no país

Estudo recomenda valorização de novas espécies marinhas em Cabo Verde

São Vicente acolhe 3ª mesa redonda sobre turismo urbano, cultural e náutico

Governo espera mais regularidade nos transportes marítimos a partir de Agosto

ONU disponibiliza $16,6 milhões para programa anual de trabalho em Cabo Verde

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros

Integração da comunidade imigrada da costa africana em São Vicente tem sido normal, diz edil