Cabo Verde recebe $1.4 milhões para implementar projeto educativo

Cabo Verde vai receber um milhão e 400 mil dólares da Parceria Mundial para a Educação (GPE) a fim de implementar o Plano Estratégico e o Plano de Ação da Educação para o período 2017-2021, anunciou o Governo terça-feira na cidade da Praia.

Em declarações à imprensa, à margem duma reunião do Grupo de Parceiros Locais da Educação (GPLE), a ministra da Educação, Maritza Rosabal, explicou que este projeto, a ser implementado nos próximos quatro anos, já está na fase final da sua elaboração.

O mesmo abarca intervenções em todos os níveis educativos, iniciando no pré-escola que se quer propedêutica e universal, ao ensino básico, que vai ser alargado, para a educação de adultos, o ensino secundário gratuito e o ensino superior, disse a governante.

Para além dessas intervenções, acrescentou,  o projeto inclui ainda elementos que têm a ver com a Ação Social Escolar e com as Necessidades Educativas Especiais, consideradas como programas específicos, mais necessários.

Segundo a ministra, o processo da entrada de Cabo Verde no GPE iniciou-se em 2014 quando o arquipélago manifestou a sua intenção através das Nações Unidas de aderir a este grupo mundial de parceiros de educação.

“Para fazer parte deste grupo foi-se desenvolvendo uma série de exigências para se poder aceder ao financiamento e uma delas foi ter um grupo local de consulta que, neste caso, é o grupo com o qual vamos partilhando e aprovar iniciativas que se vai implementar em matéria da educação”, precisou.

Conforme explicou a responsável, numa primeira fase, logo a seguir a do país ser admitido no GPE, o Ministério da Educação recebeu cerca de 200 mil dólares para a elaboração do projeto, tendo já sido executadas várias consultadorias, um processo que culminou agora com a notícia do aumento do montante para um milhão e 400 mil dólares.

Criada em 2001, a Parceria Mundial para a Educação concede assistência internacional no domínio da educação e contribui plenamente para a realização dos Objetivos de do Milénio para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) relativos ao acesso a uma educação de qualidade para todos.

A PGE, que reúne diferentes tipos de organismos, bancos e o setor privado, tem como propósito mobilizar recursos e articular a sua distribuição de forma a apoiar a realização dos objetivos de planos nacionais de educação em cerca de 60 países do mundo.

Fonte: Panapress

Notícias

Deputados aprovam alteração da lei da cooperação descentralizada

Cabo Verde vai assumir a presidência da Conferência dos Ministros das Pescas da sub-região africana em agosto

Cabo Verde participa na Assembleia do BAD na Índia para debater a importância do setor agrícola em África

CCISS prepara para diálogo com o Governo sobre a reforma da política industrial em Cabo Verde

Portugal inaugura Sal Beach Soccer na sexta-feira. Cabo Verde defronta Inglaterra

Paralímpico cabo-verdiano conquista segunda medalha de ouro em campeonato mundial

Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

Navio-escola Sagres atraca pela 30.ª vez no porto do Mindelo

Governo está determinado em reerguer a TACV

Miss Africa USA Nereida Lobo está em Cabo Verde para promover plataforma sobre educação

Apoio orçamental do Banco Mundial a Cabo Verde depende da restruturação da TACV

Cabo Verde valoriza sistema nacional de estatísticas, diz governante

Cabo Verde aposta na Parceria Especial com UE para criar 45.000 postos de trabalho

Consórcio Ecovisão Cabo Verde e Instituto Marquês Valle Flor lançam a campanha “Somos pelo Ambiente”

Bispo do Mindelo representa Igreja Católica de Cabo Verde em Fátima

Eslovénia desembolsa 2,4 milhões de euros para reforçar telemedicina em Cabo Verde

Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

PR quer que “Saniculau na Praia” contribua para o processo do desenvolvimento da ilha de São Nicolau

Provedoria de Justiça de Portugal quer levar a sua experiência de 40 anos a Cabo Verde

Liberdade de imprensa: MpD satisfeito com subida de Cabo Verde no ranking

Banco Mundial duplica financiamento para Cabo Verde, diz governo

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros