Cabo Verde reabre "brevemente" concurso para logótipo de candidatura da morna à UNESCO

O governo de Cabo Verde vai reabrir "brevemente" um concurso para a criação do logótipo para a candidatura da morna à UNESCO, anunciou, nesta quarta-feira, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, citado pela Lusa.

Conforme a mesma agência de noticias, em outubro do ano passado, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, apresentou o vencedor do concurso, mas no mesmo dia anunciou a sua suspensão por suspeitas de plágio da proposta vencedora. Quase cinco meses depois, a tutela da Cultura cabo-verdiana anuncia a reabertura do concurso, esperando que o processo seja conduzido com "alto sentido de Estado e profissionalismo".

Em nota de imprensa, o Ministério não indica a data exata para a reabertura, mas garantiu que as propostas entregues anteriormente serão consideradas válidas e estarão igualmente sujeitas a avaliação, "com a devida autorização dos seus proponentes".

Segundo a mesma fonte, o concurso foi suspenso depois de o semanário Expresso das Ilhas ter revelado que o desenho vencedor, da autoria do licenciado em Comunicação e Multimédia Ednezer Mestre, misturava elementos copiados de um arquivo digital e outros do logótipo para o Ano da Fé 2012-2013. O autor da proposta vencedora rejeitou as suspeitas de plágio, assegurando que criou o logótipo de raiz e admitiu avançar para Tribunal para o provar.

Em outubro do ano passado, Abraão Vicente estimou entregar, recorde-se a lusa, o processo de candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade até final deste ano, contando neste processo com a ajuda da equipa que preparou a candidatura portuguesa do fado.

O ministro disse também que será assinado um protocolo com Portugal para o apoio técnico à candidatura e fazer a entrega na UNESCO da candidatura a Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Até lá, disse que Cabo Verde levará a cabo "um conjunto de ações de charme" em vários países com a realização de vários espetáculos com artistas cabo-verdianos, em Nova Iorque, Lisboa e Paris, com o objetivo de divulgar o potencial da morna, conclui a fonte que vimos citando.

Fonte: A Semana

Notícias

Estrada de Chã de Pedras inaugurado no dia 25 de junho

Maritza Rosabal visita Sal e São Nicolau

Cabo Verde vai negociar com UE alargamento do acordo de parceria

FMI em Cabo Verde para avaliar políticas macroeconómicas

Ilha Brava: V Edição da Feira Agro-Pecuária começa hoje

Equipa de Coordenação de Reformas da Administração Pública já foi constituída

Governo vai aumentar o salário mínimo nacional para 15 mil escudos mensal até 2021

Cabo-verdiano reconduzido como Juíz do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar

Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

UE alarga prazo a Cabo Verde para exportar pescado no mercado europeu

Cabo Verde reavalia investimentos do BAD dado baixo nível de execução de projetos

Cabo Verde enfrenta ainda “grandes precariedades” na disponibilização de água - PR

90,1% da população já tem acesso à eletricidade em Cabo Verde, diz estudo

Advogados suspendem assistência judiciária oficiosa em Cabo Verde

Empresário chinês de Macau abre banco em Cabo Verde

Banco Central de Cabo Verde procede a corte de dois pontos na taxa diretora

Côte d’Ivoire interessada na experiência de Cabo Verde em matéria de governação eletrónica

Workshop nacional prepara novo quadro de cooperação entre o Governo de Cabo Verde e as Nações Unidas – UNDAF

Empresários cabo-verdianos procuram novas alternativas de negócios em missão à Holanda e Luxemburgo

Volume de negócios nos serviços regista variação homóloga de 5,8% no primeiro trimestre de 2017

Prémio Nacional de Qualidade distingue organizações que contribuem para competitividade do país

Binter Cabo Verde promete que vai garantir “ligação eficiente” entre as ilhas a partir de 1 de Agosto

Porto de águas profundas chumbado pelo Governo

São Vicente: Os artesãos e o CNAD realizam Feira de Artesanato em comemoração do Dia das Crianças