Cabo Verde reabre "brevemente" concurso para logótipo de candidatura da morna à UNESCO

O governo de Cabo Verde vai reabrir "brevemente" um concurso para a criação do logótipo para a candidatura da morna à UNESCO, anunciou, nesta quarta-feira, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, citado pela Lusa.

Conforme a mesma agência de noticias, em outubro do ano passado, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, apresentou o vencedor do concurso, mas no mesmo dia anunciou a sua suspensão por suspeitas de plágio da proposta vencedora. Quase cinco meses depois, a tutela da Cultura cabo-verdiana anuncia a reabertura do concurso, esperando que o processo seja conduzido com "alto sentido de Estado e profissionalismo".

Em nota de imprensa, o Ministério não indica a data exata para a reabertura, mas garantiu que as propostas entregues anteriormente serão consideradas válidas e estarão igualmente sujeitas a avaliação, "com a devida autorização dos seus proponentes".

Segundo a mesma fonte, o concurso foi suspenso depois de o semanário Expresso das Ilhas ter revelado que o desenho vencedor, da autoria do licenciado em Comunicação e Multimédia Ednezer Mestre, misturava elementos copiados de um arquivo digital e outros do logótipo para o Ano da Fé 2012-2013. O autor da proposta vencedora rejeitou as suspeitas de plágio, assegurando que criou o logótipo de raiz e admitiu avançar para Tribunal para o provar.

Em outubro do ano passado, Abraão Vicente estimou entregar, recorde-se a lusa, o processo de candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade até final deste ano, contando neste processo com a ajuda da equipa que preparou a candidatura portuguesa do fado.

O ministro disse também que será assinado um protocolo com Portugal para o apoio técnico à candidatura e fazer a entrega na UNESCO da candidatura a Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Até lá, disse que Cabo Verde levará a cabo "um conjunto de ações de charme" em vários países com a realização de vários espetáculos com artistas cabo-verdianos, em Nova Iorque, Lisboa e Paris, com o objetivo de divulgar o potencial da morna, conclui a fonte que vimos citando.

Fonte: A Semana

Notícias

Deputados aprovam alteração da lei da cooperação descentralizada

Cabo Verde vai assumir a presidência da Conferência dos Ministros das Pescas da sub-região africana em agosto

Cabo Verde participa na Assembleia do BAD na Índia para debater a importância do setor agrícola em África

CCISS prepara para diálogo com o Governo sobre a reforma da política industrial em Cabo Verde

Portugal inaugura Sal Beach Soccer na sexta-feira. Cabo Verde defronta Inglaterra

Paralímpico cabo-verdiano conquista segunda medalha de ouro em campeonato mundial

Paraolímpico cabo-verdiano conquista medalha de ouro no Campeonato do Mundo

Navio-escola Sagres atraca pela 30.ª vez no porto do Mindelo

Governo está determinado em reerguer a TACV

Miss Africa USA Nereida Lobo está em Cabo Verde para promover plataforma sobre educação

Apoio orçamental do Banco Mundial a Cabo Verde depende da restruturação da TACV

Cabo Verde valoriza sistema nacional de estatísticas, diz governante

Cabo Verde aposta na Parceria Especial com UE para criar 45.000 postos de trabalho

Consórcio Ecovisão Cabo Verde e Instituto Marquês Valle Flor lançam a campanha “Somos pelo Ambiente”

Bispo do Mindelo representa Igreja Católica de Cabo Verde em Fátima

Eslovénia desembolsa 2,4 milhões de euros para reforçar telemedicina em Cabo Verde

Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

Primeiro-ministro reafirma no Fogo crescimento económico de 7%

PR quer que “Saniculau na Praia” contribua para o processo do desenvolvimento da ilha de São Nicolau

Provedoria de Justiça de Portugal quer levar a sua experiência de 40 anos a Cabo Verde

Liberdade de imprensa: MpD satisfeito com subida de Cabo Verde no ranking

Banco Mundial duplica financiamento para Cabo Verde, diz governo

Capital cabo-verdiana ganha empreendimento turístico de 50 milhões de euros