Cabo Verde e China negoceiam projecto de 15 milhões de dólares para construção do Centro de Congressos da Cidade da Praia

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, disse que Cabo Verde e China estão a negociar o projeto que visa a construção do Centro de Congressos da Praia, que vai custar 15 milhões de dólares

Questionado pela Imprensa, Luís Filipe Tavares fez estas declarações em jeito de balanço da sua visita à China para participar na 1ª exposição económica e comercial China-África.

O governante disse ter participado numa reunião “importante” dos coordenadores do Fórum China-África, onde estiveram vários ministros dos Negócios Estrangeiros de países africanos e, ajuntou que pessoalmente teve um encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiro da China, Wang Yi, no qual passaram em revista a cooperação entre os dois países, perspetivando novas ações a desenvolver.

Nesta linha, falou com seu homólogo sobre a construção de nova maternidade em São Vicente, a segunda fase do projeto Cidade Segura, que já está a arrancar na ilha de São Vicente, depois no Sal e posteriormente na Boa Vista.

“Estamos a negociar uma grande obra, Centro de Congressos da cidade da Praia, que vai ser uma obra muito importante e que custará à volta de 15 milhões de dólares”, anunciou, salientando que os empreendimentos referidos rondam os 80 milhões de dólares, que terão grande e importância para o país.

O ministro avançou que os países africanos têm uma cooperação muito forte com a China e Cabo Verde possui um pacote de projetos “importantes” que foram negociados no ano passado com a visita à China do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

O ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano referiu ainda ao acerto negocial para o perdão da dívida de Cabo Verde para com a China, no valor de 6 milhões de dólares, afirmando que há outros projetos em carteira e que o Governo cabo-verdiano está a trabalhar “com responsabilidade” para uma nova era da cooperação entre os dois países.

Fonte: Sapo CV

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis