Cabo Verde dá residência a quem comprar imóveis turísticos acima de 80 mil euros

A proposta de lei que cria o estatuto diferenciado para os proprietários de uma segunda casa foi aprovada quinta-feira em Conselho de Ministros

Cabo Verde vai atribuir título de residência a estrangeiros que façam investimentos no país acima dos oitenta mil euros, nomeadamente na compra de uma segunda casa.

A proposta de lei que cria o estatuto diferenciado para os proprietários de uma segunda casa foi aprovada quinta-feira em Conselho de Ministros e os detalhes apresentados sexta-feira, dia 15 de setembro, na habitual conferência de imprensa.

A medida prevê a emissão de um Cartão de Residência Permanente aos cidadãos estrangeiros que invistam acima de 80 mil euros (em municípios com PIB/Per Capita abaixo da média nacional) e de 120 mil euros (nos municípios com PIB superior à média nacional) em imóveis turísticos.

Segundo o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire, a medida pretende incrementar o turismo imobiliário, reforçar a competitividade e atrair investimentos de cidadãos com condições para ter uma segunda residência.

“É uma medida muito importante, extremamente assertiva, no sentido de voltar a colocar Cabo Verde no mapa de investimentos na área da imobiliária turístico”, disse.

Na mesma reunião do Conselho de Ministros, foi aprovada também a Proposta de Lei que concede autorização legislativa ao Governo para rever a legislação cambial.

Para o porta-voz do Governo, o atual quadro legislativo cambial está “ultrapassado” e é “ineficaz”.

“O que estamos a fazer com a revisão da nossa lei cambial vai claramente no sentido de uma completa liberalização das operações com o exterior eliminando algumas restrições do atual quadro normativo”, explicou Fernando Elísio Freire.

A ideia é eliminar as autorizações e verificações previas por parte do Banco de Cabo Verde, conforme exige o atual quadro normativo em vigor, o que vai permitir uma maior fluidez de capital e total liberdade de circulação de capitais em Cabo Verde, segundo o Executivo.

“É um passo decisivo do nosso país, um aprofundamento daquilo que foi iniciado em 2008 com o regime fixo ao euro. É um passo no sentido de alinharmos a economia cabo-verdiana com economias mais dinâmicas e, também, é um mecanismo para atrairmos mais investimentos e de fazer com que investimentos sejam mais céleres e mais seguros”.

O Conselho de Ministros aprovou também um novo regime de incentivo para a comunicação social focado nos meios online.

Os incentivos preveem apoios à aquisição dos equipamentos tecnológicos, bem como a participação nas despesas com estagiários, custos nas deslocações dos jornalistas, entre outros.

Fonte: A Nação

Notícias

Candidaturas para 3ª edição do Prémio Literário UCCLA decorrem até 31 de Janeiro

Praia: Ordem do Médicos realiza o seu terceiro Congresso Internacional e o oitavo Congresso Médico Nacional

Leão de Prata de Veneza para cabo-verdiana Marlene Freitas

UE financia projeto de turismo solidário e sustentado na ilha cabo-verdiana do Maio

Santo Antão: Em carteira investimentos de nove mil contos recuperação dos percursos turísticos no Porto Novo

Estudo aponta Cabo Verde como um dos três países de África livre de conflitos armados

Jornalistas cabo-verdianos abraçam causa da violência sexual contra crianças e adolescentes

Tarrafal: Governo vai investir nas potencialidades do concelho para “abrir as portas” ao seu desenvolvimento

Santo Antão: Operadores voltam a mostrar preocupação quanto à implementação da Rota das Aldeias Rurais

Sara Alhinho e Clément Burelle apresentam “Mosaico de Sentimentos” na Praia

Reguladora da aviação quer implementar stopover em Cabo Verde

FAO desembolsa $ 16,3 milhões para projetos de desenvolvimento em Cabo Verde

O desenvolvimento das Maurícias como exemplo para Cabo Verde

FAO assina com Governo Quadro de Programação do País 2018-2022 no valor de 16.3 milhões de dólares

Ilha do Maio: Investidores chineses interessados no mercado turístico na ilha

Delegação empresarial chinesa visita São Vicente com Zona Económica Especial na mira

Governo quer que todos sejam parte das soluções para o país

Governo assina acordo de colaboração com instituições religiosas de solidariedade social

Ministério das Finanças promove 1˚ Encontro com a Juventude sobre a Economia Digital

Governo vai assinar convenção de estabelecimento com TRG Praia para construção de hotel Hilton na capital

Pequenos empreendimentos turísticos vão receber apoio e assistência técnica para obterem o selo de qualidade – IGQPI

Cabo Verde lidera lista de lugares que CNN recomenda visitar em 2018

PIB de Cabo Verde aumenta 4,9% no terceiro trimestre de 2017

Ilha do Sal: Taxa ocupação hotéis aproxima-se dos 100%

Porto Novo: Produtores do queijo tradicional apostam na afirmação internacional do produto galardoado com “Slow Cheese Award”

Padre António Vieira esteve no arquipélago por ocasião do Natal de 1652, revelam as “Cartas de Cabo Verde

Ministério da Cultura e Câmara de Santa Cruz assinam protocolo para promoção do património nacional

Ilha do Fogo: Estudo sobre viabilidade técnica para iluminação do aeródromo de São Filipe será realizado em 2018 – PCA ASA

Cabo Verde foi o destino mais pesquisado no google no Reino Unido em 2017

Número dois do governo compromete-se a estar próximo das empresas

Governo remodelado: Fim do executivo pequeno com a entrada de mais oito elementos e manutenção dos atuais membros