Banana de Santa Cruz poderia abastecer mercado turístico de Sal e Boa Vista

Através de uma "parceria estratégica" entre os municípios seria possível transformar de forma radical a dinâmica dos pequenos produtores e das rabidantes

Não é de hoje que os produtores locais se vêm questionando sobre o facto de ser praticamente residual o número de produtos locais, produzidos em Cabo Verde, que chegam ao mercado turístico das ilhas do Sal e Boa Vista.

A resposta reside em grande parte na falta de associativismo por parte dos próprios produtores, que sozinhos não conseguem ultrapassar os desafios da escala de mercado.

Este é um dos grandes desafios que se coloca ao desenvolvimento económico local das regiões rurais de Cabo Verde, especialmente de Santiago, mas também do Fogo, Santo Antão e São Nicolau onde as potencialidades ao nível da produção agrícola são inúmeras.

A tónica entre a necessidade do associativismo e da importância das cooperativas foi um dos temas em debate ontem à tarde no Painel Interactivo sobre os desafios comuns e o potencial dos SIDS e dos pequenos estados insulares, no âmbito do IV Fórum Mundial de Desenvolvimento Económico Local a decorrer desde terça-feira, 17, na capital.

Tendo como particularidade o caso de Cabo Verde, Amílcar Monteiro, Consultor em Políticas de Desenvolvimento foi um dos intervenientes deste painel e deu o exemplo do que se passa actualmente com a falta de aproveitamento das potencialidades da produção de banana no concelho de Santa Cruz, em Santiago e os intervenientes em toda a fileira produtiva.

Este que é o maior produtor de banana de Cabo Verde não está a tirar partido do mercado turístico das ilhas do Sal e Boa Vista, tendo em conta que Santa Cruz produz 19 mil toneladas de banana/ano e o mercado turístico dessas ilhas consome 500 toneladas ao ano.

“As rabidantes que vendem banana no Sal e na Boa Vista, revendem a banana a um operador que depois, por sua vez, vende as bananas aos hóteis. Trabalhando de forma individual, elas ficam afastadas da cadeia de valor e perdem-se no percurso de uma cadeia fragmentada”, alertou.

Esse Consultor acredita que através de uma “parceria estratégica” entre estes municípios seria possível transformar de forma “radical” a dinâmica dos pequenos produtores e das rabidantes.

Fonte: A Nação

Notícias

Maio: A ilha vai receber o primeiro estudo arqueológico em Março – IPC

Governo vai legislar sobre o regime especial de protecção das tartarugas marinhas em Cabo Verde

Candidaturas para 3ª edição do Prémio Literário UCCLA decorrem até 31 de Janeiro

Praia: Ordem do Médicos realiza o seu terceiro Congresso Internacional e o oitavo Congresso Médico Nacional

Leão de Prata de Veneza para cabo-verdiana Marlene Freitas

UE financia projeto de turismo solidário e sustentado na ilha cabo-verdiana do Maio

Santo Antão: Em carteira investimentos de nove mil contos recuperação dos percursos turísticos no Porto Novo

Estudo aponta Cabo Verde como um dos três países de África livre de conflitos armados

Jornalistas cabo-verdianos abraçam causa da violência sexual contra crianças e adolescentes

Tarrafal: Governo vai investir nas potencialidades do concelho para “abrir as portas” ao seu desenvolvimento

Santo Antão: Operadores voltam a mostrar preocupação quanto à implementação da Rota das Aldeias Rurais

Sara Alhinho e Clément Burelle apresentam “Mosaico de Sentimentos” na Praia

Reguladora da aviação quer implementar stopover em Cabo Verde

FAO desembolsa $ 16,3 milhões para projetos de desenvolvimento em Cabo Verde

O desenvolvimento das Maurícias como exemplo para Cabo Verde

FAO assina com Governo Quadro de Programação do País 2018-2022 no valor de 16.3 milhões de dólares

Ilha do Maio: Investidores chineses interessados no mercado turístico na ilha

Delegação empresarial chinesa visita São Vicente com Zona Económica Especial na mira

Governo quer que todos sejam parte das soluções para o país

Governo assina acordo de colaboração com instituições religiosas de solidariedade social

Ministério das Finanças promove 1˚ Encontro com a Juventude sobre a Economia Digital

Governo vai assinar convenção de estabelecimento com TRG Praia para construção de hotel Hilton na capital

Pequenos empreendimentos turísticos vão receber apoio e assistência técnica para obterem o selo de qualidade – IGQPI

Cabo Verde lidera lista de lugares que CNN recomenda visitar em 2018

PIB de Cabo Verde aumenta 4,9% no terceiro trimestre de 2017

Ilha do Sal: Taxa ocupação hotéis aproxima-se dos 100%

Porto Novo: Produtores do queijo tradicional apostam na afirmação internacional do produto galardoado com “Slow Cheese Award”