ASA: Movimento de passageiros nos aeroportos cresceu 11,5% em 2016

Em 2016 passaram pelos aeroportos um total de 2.215.892 passageiros.

Os aeroportos de Cabo Verde registaram em 2016 um crescimento de 11,5% no número de passageiros e de 9,1% no movimento de aviões relativamente ao ano anterior, segundo dados da ASA.

Segundo o boletim estatístico da ASA - Aeroportos e Segurança Aérea, empresa de gestão aérea, durante o ano de 2016 passaram pelos aeroportos de Cabo Verde um total de 2.215.892 passageiros, refletindo um crescimento de 11,5%, em relação ao ano anterior.

O aumento de passageiros verificou-se nos sete aeroportos cabo-verdianos, tendo o aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, o mais movimentado do país, registado um aumento de mais de 22% de passageiros internacionais.

Em segundo lugar ficou o aeroporto internacional Aristides Pereira, na ilha da Boa Vista, que registou um aumento de 9,5%, sobretudo passageiros vindos das principais cidades europeias emissoras de turistas para Cabo Verde.
A Thomson Fly, Tap Air Portugal e Tui Fly Netherlands foram as operadoras que mais contribuíram para o aumento de passageiros nos aeroportos de Cabo Verde.
O aeroporto internacional Nelson Mandela, na capital cabo-verdiana, registou, por seu lado, um decréscimo no número de passageiros internacionais na ordem dos 4,1%, no mesmo período, o que a ASA justifica "em grande parte com as obras de remodelação" que está a sofrer.

No mesmo período, a ASA registou um total de 30.209 movimentos de aeronaves, mais 2.519 do que no mesmo período do ano anterior, o que representa um crescimento de 9,1% no número de voos que passaram por Cabo Verde.

O crescimento dos movimentos de aeronaves registou-se tanto a nível nacional (+6,8%), como internacional (+11,7%), quando comparado com igual período de 2015.

O aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, é o que detém o maior peso nos movimentos internacionais (53%), enquanto o aeroporto internacional Nelson Mandela, na cidade da Praia, ilha de Santiago, tem o maior peso nos voos domésticos (35%).

Em termos do número de voos, os aeroportos do Sal, Boa Vista e cidade da Praia registaram aumentos a nível internacional de 18,6%, 10,3% e 1,2%, respetivamente.

A nível interno, as variações mais positivas no número de aeronaves registaram-se nos aeroportos internacionais Nelson Mandela, na cidade da Praia, e Cesária Évora, na ilha de São Vicente, e no aeroporto de São Nicolau, com aumentos de 14,8%, 12,3% e 22,8%, respetivamente.

Os aeroportos internacionais Amílcar Cabral, no Sal, e Aristides Pereira, na Boavista, e o aeroporto do Fogo viram o movimento doméstico de aeronaves decair 1,0%, 0,1% e 11,1% respetivamente.

O volume de carga transportada pelos aeroportos de Cabo Verde em 2016 caiu em média 3,3%, penalizada pela quebra de 17,2% registada no transporte de carga a nível interno, verificada em todos os aeroportos nacionais.

Fonte: Sapo Notícias

Notícias

IPC realiza primeiro mergulho em arqueologia subaquática no ancoradouro da Cidade Velha

Biblioteca Nacional lança reedição de “Chiquinho” e promete edição de seis obras por ano

NOSi poderá representar um suporte do desenvolvimento tecnológico para construção de uma sociedade digital no país – PR

Lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais gestores da Economia Marítima

Mindelo: Atelier de lançamento do projecto sobre a Promoção da Economia Azul reúne principais “stakeholders” da Economia Marítima

São Vicente: Trinta formandos recebem certificados na área de guia de turismo comunitário

Santa Catarina: Assembleia Municipal com Ribeira da Barca na agenda

Santo Antão: Criação do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias traz à ilha catedráticos de Portugal

Artistas da CPLP pedem "passaporte artístico"

Cabo Verde quer afirmar-se como plataforma tecnológica de referência em África

Novo presidente da AAVT quer transformar agências de viagens

Escavações arqueológicas na Igreja de São Tiago Maior concluídas

Empresários nacionais desafiam Portugal a deslocalizar empresas para Cabo Verde

AJEC propõe plataforma de informações sobre oportunidades de investimentos

Literatura: VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na UNICV

Criada equipa que vai coordenar Zona Económica Especial

Recém-criada Associação de Turismo do Maio almeja transformar a ilha num destino de excelência

Empresa alemã introduz energia das ondas do mar em Cabo Verde

Santo Antão: Representante da OMS exorta Cabo Verde a preparar-se para enfrentar emergências sanitárias

Santo Antão: Fábrica de sabonetes abre portas no Porto Novo e já cogita exportar para os EUA

Praia: Conjunto Histórico e Arqueológico da Trindade vai ser património nacional – ministro

Ilha do Fogo: Técnicos de Monumentos e Sítios do IPC na região Fogo e Brava para inventariar património cultural imóvel

Emprofac prevê um crescimento de 7% em 2018

Regionalização: Olavo Correia reposiciona-se

Ampliar o mercado africano para os países africanos

PM espera consensos necessários entre os deputados para se avançar com a Regionalização

Directora regional da OMT recomenda diversificação dos modelos de oferta turística em Cabo Verde

Dia Mundial do Teatro: Mindelact distingue jornalista Fonseca Soares com Prémio de Mérito Teatral

Capacidade de alojamento em Cabo Verde aumentou em 18% em 2017 – INE

A África precisa livrar-se da "Ajuda que mata", defende autora Dambisa Moyo