ASA: Movimento de passageiros nos aeroportos cresceu 11,5% em 2016

Em 2016 passaram pelos aeroportos um total de 2.215.892 passageiros.

Os aeroportos de Cabo Verde registaram em 2016 um crescimento de 11,5% no número de passageiros e de 9,1% no movimento de aviões relativamente ao ano anterior, segundo dados da ASA.

Segundo o boletim estatístico da ASA - Aeroportos e Segurança Aérea, empresa de gestão aérea, durante o ano de 2016 passaram pelos aeroportos de Cabo Verde um total de 2.215.892 passageiros, refletindo um crescimento de 11,5%, em relação ao ano anterior.

O aumento de passageiros verificou-se nos sete aeroportos cabo-verdianos, tendo o aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, o mais movimentado do país, registado um aumento de mais de 22% de passageiros internacionais.

Em segundo lugar ficou o aeroporto internacional Aristides Pereira, na ilha da Boa Vista, que registou um aumento de 9,5%, sobretudo passageiros vindos das principais cidades europeias emissoras de turistas para Cabo Verde.
A Thomson Fly, Tap Air Portugal e Tui Fly Netherlands foram as operadoras que mais contribuíram para o aumento de passageiros nos aeroportos de Cabo Verde.
O aeroporto internacional Nelson Mandela, na capital cabo-verdiana, registou, por seu lado, um decréscimo no número de passageiros internacionais na ordem dos 4,1%, no mesmo período, o que a ASA justifica "em grande parte com as obras de remodelação" que está a sofrer.

No mesmo período, a ASA registou um total de 30.209 movimentos de aeronaves, mais 2.519 do que no mesmo período do ano anterior, o que representa um crescimento de 9,1% no número de voos que passaram por Cabo Verde.

O crescimento dos movimentos de aeronaves registou-se tanto a nível nacional (+6,8%), como internacional (+11,7%), quando comparado com igual período de 2015.

O aeroporto internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, é o que detém o maior peso nos movimentos internacionais (53%), enquanto o aeroporto internacional Nelson Mandela, na cidade da Praia, ilha de Santiago, tem o maior peso nos voos domésticos (35%).

Em termos do número de voos, os aeroportos do Sal, Boa Vista e cidade da Praia registaram aumentos a nível internacional de 18,6%, 10,3% e 1,2%, respetivamente.

A nível interno, as variações mais positivas no número de aeronaves registaram-se nos aeroportos internacionais Nelson Mandela, na cidade da Praia, e Cesária Évora, na ilha de São Vicente, e no aeroporto de São Nicolau, com aumentos de 14,8%, 12,3% e 22,8%, respetivamente.

Os aeroportos internacionais Amílcar Cabral, no Sal, e Aristides Pereira, na Boavista, e o aeroporto do Fogo viram o movimento doméstico de aeronaves decair 1,0%, 0,1% e 11,1% respetivamente.

O volume de carga transportada pelos aeroportos de Cabo Verde em 2016 caiu em média 3,3%, penalizada pela quebra de 17,2% registada no transporte de carga a nível interno, verificada em todos os aeroportos nacionais.

Fonte: Sapo Notícias

Notícias

Estrada de Chã de Pedras inaugurado no dia 25 de junho

Maritza Rosabal visita Sal e São Nicolau

Cabo Verde vai negociar com UE alargamento do acordo de parceria

FMI em Cabo Verde para avaliar políticas macroeconómicas

Ilha Brava: V Edição da Feira Agro-Pecuária começa hoje

Equipa de Coordenação de Reformas da Administração Pública já foi constituída

Governo vai aumentar o salário mínimo nacional para 15 mil escudos mensal até 2021

Cabo-verdiano reconduzido como Juíz do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar

Governo e oposição concertam posições em matérias estruturantes para Cabo Verde

UE alarga prazo a Cabo Verde para exportar pescado no mercado europeu

Cabo Verde reavalia investimentos do BAD dado baixo nível de execução de projetos

Cabo Verde enfrenta ainda “grandes precariedades” na disponibilização de água - PR

90,1% da população já tem acesso à eletricidade em Cabo Verde, diz estudo

Advogados suspendem assistência judiciária oficiosa em Cabo Verde

Empresário chinês de Macau abre banco em Cabo Verde

Banco Central de Cabo Verde procede a corte de dois pontos na taxa diretora

Côte d’Ivoire interessada na experiência de Cabo Verde em matéria de governação eletrónica

Workshop nacional prepara novo quadro de cooperação entre o Governo de Cabo Verde e as Nações Unidas – UNDAF

Empresários cabo-verdianos procuram novas alternativas de negócios em missão à Holanda e Luxemburgo

Volume de negócios nos serviços regista variação homóloga de 5,8% no primeiro trimestre de 2017

Prémio Nacional de Qualidade distingue organizações que contribuem para competitividade do país

Binter Cabo Verde promete que vai garantir “ligação eficiente” entre as ilhas a partir de 1 de Agosto

Porto de águas profundas chumbado pelo Governo

São Vicente: Os artesãos e o CNAD realizam Feira de Artesanato em comemoração do Dia das Crianças