Cabo Verde e ilhas Canárias juntas para "crescimento azul"

Os governos de Cabo Verde e da região autónoma espanhola das Canárias assinaram, segunda-feira, em Las Palmas, um acordo de cooperação e colaboração para promover um “crescimento azul” dos dois arquipélagos vizinhos do Atlântico.

O protocolo assinado pelo ministro cabo-verdiano da Economia e Emprego, José Gonçalves, e pelo conselheiro da Economia, Indústria, Comércio e Conhecimento da Administracção Pública, da Comunidade Autonóma das Canárias, Pedro Ortega, tem em vista a criação de um quadro de ações conjuntas em matéria de energias renováveis, tecnologia da água e das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

O acordo abrange, para além das ações visando um "crescimento amigo do ambiente", o fortalecimento da cooperação económica e empresarial entre Cabo Verde e as ilhas Canárias.

Entretanto, a assinatura um outro acordo que estava previsto para ser rubricado com o Cabildo de Gran Canária foi adiado para maio próximo devido a questões “burocráticas”.

Segundo uma fonte cabo-verdiana, este acordo, mais abrangente, irá envolver áreas de colaboração para o empreendedorismo, desenvolvimento de atividades comerciais, formação e capacitação profissional.

Também contemplará áreas não menos importantes como as mudanças climáticas, com a proposta de criação de um Observatório sobre a Mudança do Clima no Atlântico leste. 

Durante a sua estadia naquela região autónoma da Espanha, o governante cabo-verdiano aproveitou para conhecer de perto um projeto em curso na ilha de El Hierro, alimentada a 100% com "fontes de energia amigas do ambiente".

Fonte: Panapress

Notícias

As razões da queda do turismo cabo-verdiano

Sal recebe 37% dos recursos do Fundo do Turismo - PM

Projectos financiados pelo BADEA ultrapassam seis milhões de contos

Grupo TUI constrói hotel de cinco estrelas no Sal