Reguladora da aviação quer implementar stopover em Cabo Verde

Agência de Aviação Civil quer introduzir o conceito de stopover em Cabo Verde. Reguladora colocou o regulamento em consulta pública

A AAC publicou, para consulta pública, o regulamento que, entre outras medidas, prevê o estabelecimento do conceito de stopover em Cabo Verde.

Entrando este novo regulamento em vigor, passa a ser possível fazer uma escala de até cinco dias entre o ponto de partida e o destino final da viagem.

Esta medida tem sido implementada com sucesso em diversos países que, tendo um hub aéreo em funcionamento, têm visto aumentar o número de turistas. O exemplo de Portugal é reconhecido a nível internacional uma vez que no primeiro ano de aplicação deste programa de escalas prolongadas, cerca de 40 mil turistas visitaram o país.

Segundo o jornal Negócios, quando “foi lançado em Julho de 2016 pela TAP, o programa Portugal Stopover permitia que os passageiros em trânsito em Lisboa e Porto pudessem passar até três dias (entretanto alargado a cinco) nestas cidades sem pagar mais. Além disso, têm acesso a uma rede de parceiros como hotéis, restaurantes e experiências turísticas”.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Ponta Calhetona recebeu investimentos de cerca de 12 mil contos

NOSi Akademia recebe mais 48 estagiários

Cabo Verde Airlines começa hoje a ligar as ilhas

Ribeira das Patas Porto Novo: Grupos de mulheres apostam na transformação de frutas para garantir auto-emprego

Cabo Verde Airlines reforça voos para Lisboa com chegada de Boeing 737-300