Governo reafirma aposta na indústria. Empresários querem "efectividade"

O ministro da Indústria, Comercio e Energia volta a afirmar o propósito do governo em reforçar e promover o sector industrial nacional. A ideia passa pela harmonização do quadro legislativo, com vista à mudança do actual cenário.

Alexandre Monteiro, que falava à imprensa esta segunda-feira, no final de uma visita à Câmara de Comercio de Barlavento, aponta aquilo que classifica de medidas essenciais.

“Tem a ver com medidas no ambiente de negócio, de uma forma geral, redução de custos de contexto, para tornar o sector mais competitivo, desde aspectos relacionados a custos de factores, a questão da formação, do acesso a mercados (...)  e um conjunto de medidas que tem a ver com a própria legislação que tem de ser harmonizada”, indica.

A unificação do mercado, melhoria do ambiente de negócios e acesso ao crédito continuam a ser as principais reivindicações dos operadores. O presidente da Câmara de Comércio de Barlavento, Belarmino Lucas, afirma que a percepção é que governo e empresários estão no mesmo comprimento de onda.

“Até agora, o relacionamento tem sido muito bom, temos tido respostas positivas às reivindicações e solicitações dos empresários. Queremos é que isto se mantenha com o mesmo sentido mas com ainda mais efectividade e que durante este ano de 2018, efectivamente, as questões mais importantes possam ser resolvidas”, sublinha.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis